Rui Rio reduz CDS, Chega e Iniciativa Liberal a "meia dúzia de votos"

Agência Lusa , CE
5 dez 2021, 10:08
Francisco Rodrigues dos Santos (CDS-PP) e Rui Rio (PSD) assinam acordo para as autárquicas
Francisco Rodrigues dos Santos (CDS-PP) e Rui Rio (PSD) assinam acordo para as autárquicas

O presidente do PSD explicou que é por isso que tem apostado no “recentramento” do partido

PUB

O presidente do PSD, Rui Rio, afirmou no sábado que é “ao centro” que as eleições legislativas se decidem, sublinhando que CDS, Chega e Iniciativa Liberal representam “meia dúzia de votos”.

Em Barcelos, no encerramento do congresso dos Autarcas Social-Democratas, Rui Rio explicou que é por isso que tem apostado no “recentramento” do partido.

PUB

“Se nós formos disputar agora o eleitorado do CDS, do Chega e da IL [Iniciativa Liberal], ali estão meia dúzia de votos. Não sei como é que se ganham eleições com aquela meia dúzia de votos, ainda por cima correndo o risco de perder alguma coisa ao centro”, afirmou.

Por isso, Rio sublinhou que é “ao centro” que o PSD pode ganhar as eleições.

"É essa a consciência que eu tenho há uns anos. É aí que nós podemos ganhar e é aí que as eleições de decidem”, acrescentou.

Também no sábado, em Barcelos, Rio disse que será na terça-feira que o PSD decidirá se vai a eleições sozinho ou em coligação.

Em caso de coligação, adiantou, ela apenas se poderá estender ao CDS e ao PPM.

PUB
PUB
PUB

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados