Jovem que roubou cães de Lady Gaga condenado a 21 anos de prisão

6 dez 2022, 09:05
Lady Gaga (Photo by Jordan Strauss/Invision/AP, File)

As autoridades que investigaram o caso concluíram que nenhum dos assaltantes sabia que os cães eram de Lady Gaga

O homem que roubou dois bulldogs franceses de Lady Gaga, em Los Angeles (Califórnia), foi condenado esta terça-feira a 21 anos de prisão, avança a imprensa internacional.

James Howard Jackson, de 19 anos, não contestou uma das acusações de tentativa de homicídio do homem que passeava os cães da cantora no momento em que foram roubados. “O acordo de confissão responsabiliza o sr. Jackson por perpetrar um ato violento de coração frio e garante justiça para a nossa vítima”, disse o gabinete do procurador em comunicado citado pelo The Guardian.

Foi há cerca de dois anos que James Howard Jackson surpreendeu o passeador de cães da artista em plena rua perto da Sunset Boulevard. O jovem estava com um grupo que se dirigiu a Los Angeles para procurar bulldogs franceses, uma raça de cães considerada cara, podendo ser vendidos por milhares de dólares.

Foi então que encontraram Ryan Fischer, um homem de 41 anos que passeava três cães daquela raça. O grupo de três homens correu em direção a Fischer, gritando "desista!" ao mesmo tempo que agarraram nas coleiras dos animais. Perante a resistência de Fischer, um dos assaltantes começou a sufocá-lo e James Jackson disparou sobre ele com uma arma semi-automática. O trio de assaltantes acabou por fugir com dois cães, Koji e Gustav, enquanto um terceiro cão, Miss Asia, conseguiu fugir e esconder-se entre uns arbustos nas proximidades. 

As autoridades que investigaram o caso concluíram que nenhum dos assaltantes sabia que os cães pertenciam a Lady Gaga.

Lady Gaga com os seus três cães da raça bulldog francês (D.R. Lady Gaga)

De acordo com relatos de testemunhas no local, após o incidente, Fischer foi visto a embalar o cão que não foi roubado enquanto recebia cuidados médicos no passeio. Em declarações à revista Rolling Stone, a vítima contou que a bala perfurou o seu pulmão, que mais tarde entrou em colapso várias vezes e os médicos viram-se mesmo obrigados a remover mais de um terço do órgão. Fischer não tem dúvidas de que esteve "muito próximo da morte".

Após o roubo, Lady Gaga ofereceu 500.000 mil dólares de prémio a quem devolvesse os dois cães, "sem perguntas". Os animais acabaram por ser entregues vários dias depois por uma mulher que também foi acusada do crime.

Dois meses após o ataque, cinco pessoas foram detidas por ligações ao incidente, incluindo James Howard Jackson, que acabou por ser libertado da custódia em abril devido a um erro administrativo.

Relacionados

Música

Mais Música

Patrocinados