Kylie Jenner criticada por voos de 12 minutos em jato privado que emitem uma tonelada de CO₂ (e não é a única)

21 jul, 10:21
Kylie Jenner e Travis Scott (Instagram)

Bastou uma foto no Instagram e um post no Twitter para que a polémica se instalasse e as celebridades vissem escrutinado o uso dos aviões privados para as viagens curtas demasiado regulares

"Queres ir no teu ou no meu?" A pergunta corriqueira, muitas vezes feita quando se escolhe o carro em que se vai jantar fora ou tomar café, no caso de Kylie Jenner aplica-se ao avião privado que a jovem do clã Kardashian e o namorado, Travis Scott, vão escolher para viajar até ao próximo destino. Mas desengane-se quem pense que o destino será uma viagem longínqua.

É que, de acordo com a conta de Twitter Celebrity Fligths, que monitoriza os voos de aviões privados de celebridades (e quanto é que estes contaminam o ambiente), os voos de Kylie Jenner têm uma duração média de 12 minutos.

A fotografia no Instagram, que pode ver na imagem deste artigo, gerou a ira dos utilizadores e deu origem a mais de 42 mil comentários, com seguidores que questionam Kylie se é para isto que "andamos a reciclar" e a "engolir o café gelado antes que a palhinha se converta em papel machê". Já no Twitter, o post com os dados sobre o voo que se seguiu à fotografia - o casal acabaria por escolher o avião de Kylie Jenner - conta já com 314 partilhas, mais de 800 comentários e 1.300 gostos.

O trajeto feito por Kylie Jenner - entre Van Nuys e Camarillo, na California, - no passado dia 15, durou apenas 12 minutos, contando com a descolagem e a aterragem, sendo que, segundo o Google Maps, o mesmo trajeto feito de carro duraria apenas 40 minutos.

Antes deste voo de 12 minutos, o avião de Jenner tinha feito, no mesmo dia, um voo de 35 minutos, e dois outros, dois dias antes, de 17 e de 29 minutos.

Celibrity Jets, o bot que controla os voos

De acordo com o El País, a conta Celebrity Jets é uma conta automática com um bot que publica em tempo real, através de informação que é pública, os dados dos voos. A conta foi criada por Jack Sweeney, de 19 anos, que se se dedica a monitorizar não só os voos dos famosos, mas também as deslocações de Vladimir Putin e de outros magnatas russos, de Elon Musk, de Mark Zuckerberg e do Air Force One, o avião presidencial dos EUA.

No caso de Elon Musk, o dono da Tesla não gostou de ver os seus passos controlados e tentou fechar a conta, oferecendo cinco mil dólares ao jovem programador. No entanto, Sweeney recusou a oferta e Musk bloqueou-o na rede social, continuando a ter os voos (cujos dados são públicos) expostos no Twitter. É por isso mesmo que se sabe que o avião aterrou em Long Beach, na Califórnia, depois de um voo de 2:23 minutos, e lá vai ficar para manutenção.

Já sobre a viagem de 12 minutos de Jenner, Sweeney afirmou no Twitter que esta pode ter sido feita para estacionar o avião depois da influencer ter saído no aeródromo mais perto de casa. 

É graças às contas criadas por Sweeny que se sabe que não é só Kylie Jenner que tem feito voos curtos em aviões privados, que acabam por ter um grande impacto no ambiente. Segundo o mesmo perfil, a irmã de Kylie, Kim Kardashian, fez no dia 7 de julho um voo de aproximadamente 10 minutos, consumindo 346 litros de combustível e emitindo uma tonelada de CO₂.

Para além das irmãs Kardashian, também Steven Spielberg fez um curto voo de 24 minutos, entre Westhampton Beach e Nova Iorque, em que gastou 772 litros de combustível e emitiu 2 toneladas de CO₂, e A-Rod fez um voo de 28 minutos, entre Nova Iorque e New Jersey, consumindo 846 litros e emitindo 2 toneladas de CO₂.

Segundo o jornal espanhol, que cita um comunicado do grupo Transport&Environment, os aviões privados poluem dez vezes mais do que os aviões comerciais e 50 vezes mais do que os comboios, sendo que as emissões de um "jet" durante uma viagem de quatro horas, como a que Mark Wahlberg fez esta quinta-feira, equivalem a "um total de emissões geradas por uma pessoa média por ano".

Viagens

Mais Viagens

Na SELFIE

Patrocinados