Kevin Spacey acusado de vários crimes sexuais no Reino Unido

26 mai, 15:44
Kevin Spacey

Caso surge depois de 20 testemunhos diferentes, todos de homens, sobre a conduta sexual inapropriada do ator

O Serviço de Acusação da Coroa do Reino Unido (CPS, na sigla original) acusou esta quinta-feira o ator Kevin Spacey de um conjunto de ofensas sexuais, entre as quais agressão sexual a três homens.

O vencedor de dois Óscares em categorias de representação foi acusado de um total de quatro crimes de índole sexual contra homens, revelou o chefe da Divisão de Crime do CPS.

"Também foi acusado de envolver uma pessoa numa atividade sexual sem o seu consentimento. As acusações surgem depois de um conjunto de provas reunidas pela Polícia Metropolitana", pode ler-se no comunicado.

O caso diz respeito a relatos de 2017, quando, em novembro, o Teatro Old Vic, em Londres, disse ter recebido 20 alegações distintas de uma conduta inapropriada por parte de Kevin Spacey, todas elas de homens. As alegações dizem respeito ao período entre 1995 e 2013, sendo que o artista foi diretor daquele teatro entre 2004 e 2015.

O primeiro caso referido na queixa do CPS remonta a março de 2005, tendo resultado em duas queixas diferentes. O caso da atividade sexual sem consentimento, que também resulta numa queixa de agressão sexual, diz respeito a agosto de 2008, enquanto o último caso terá ocorrido em abril de 2013.

Kevin Spacey, que chegou a ser uma das grandes estrelas de Hollywood, já tinha sido afastado da séria "House of Cards" e do filme "All the Money in the World" por acusações relacionadas com a sua conduta sexual.

O ator de 62 anos, que venceu o Óscar de Melhor Ator pelo filme "Beleza Americana" e o Óscar de Melhor Ator Secundário pelo filme "Os Suspeitos do Costume", já negou todas as acusações de que é alvo.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados