Óscar retirado, pedido de desculpas nada “genuíno” e nem a Academia escapa. Irmão de Chris Rock critica Will Smith em entrevista

6 abr, 10:11

Kenny Rock acredita que retractação do ator foi uma ideia do publicista, como forma de minimizar os danos pelo sucedido

O irmão de Chris Rock, Kenny Rock, entende que a estatueta dourada de melhor ator dada a Will Smith, pela performance em "King Richard: Para Além do Jogo", deve ser revogada como consequência do incidente ocorrido na 94.º edição dos Óscares.

Em entrevista ao Los Angeles Times, um dos mais novos dos sete irmãos de Chris Rock criticou a condescendência da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas norte-americana perante toda a situação, lembrou a relação cordial que o humorista e Will Smith mantinham desde os anos 80 e analisou o pedido de desculpas atrasado do ator.

“Menosprezou o meu irmão. Não teve respeito por ele”

“Podia estar agora a olhar para isto de maneira diferente, se ele tivesse inicialmente pedido desculpa, mas quando subiu ao palco, chorou e aceitou o prémio. Esse pormenor diz-me que se trata de outra coisa”, explica.

A resposta de Kenny Rock ao pedido de desculpas de Will Smith é simples e curta: “Não o aceito". O irmão do humorista considera que o gesto não foi genuíno, mas sim que tenha ocorrido após "o seu publicista e pessoas que trabalham à sua volta o aconselharem a fazê-lo”.

Contactado pelo LA Times, o publicista não respondeu ao comentário.

O vídeo do momento em que Smith esbofeteia Rock tornou-se viral segundos após acontecer. Kenny confessou que já viu o vídeo "vezes sem conta" e que isso o tem estado a "consumir". "Estou a ver um ente querido ser atacado e não há nada que possa fazer em relação a isso”, explica Kenny Rock.

“Cada vez que estou a ver o vídeo, é como se estivesse a acontecer repetidamente na minha cabeça. O meu irmão não era uma ameaça para o Will Smith e não houve qualquer respeito por ele naquele momento. Foi apenas humilhado à frente de milhões de pessoas que assistiam ao espetáculo”, aponta.

“Envergonhou-se a si próprio e ao seu legado ao fazer aquilo”

Kenny Rock entende que o Óscar de Will Smith deveria ser retirado e as críticas à Academia não ficam por aqui. "Devia ter sido acompanhado à saída, considero-os responsáveis por isso”, começa por realçar o irmão do humorista, enaltecendo que o ator "podia ter subido ao palco e feito o que quisesse, poderia ter sido muito pior do que o que aconteceu”.

De acordo com a publicação, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas norte-americana, responsável pela organização da cerimónia dos Óscares, recusou responder aos comentários de Kenny Rock.

Questionado sobre as palavras do irmão que originaram o incidente, Kenny Rock diz que “a piada foi engraçada, mas não hilariante”. "Mas sei que se soubesse que ela tinha alopecia… não teria feito uma piada sobre isso e ele não sabia”, garante. 

Relacionados

Artes

Mais Artes

Patrocinados