Justin Trudeau filmado a cantar Bohemian Rhapsody antes do funeral de Isabel II

22 set, 08:41
Justin Trudeau (AP Photo)

Há quem tenha gostado da homenagem, mas também há quem tenha lançado duras críticas

O primeiro-ministro do Canadá foi filmado a cantar Bohemian Rhapsody, dos Queen, na véspera do funeral da rainha Isabel II. Num vídeo de 14 segundos, que andou a circular pelas redes sociais, é possível ver-se Justin Trudeau encostado a um piano - acompanhado do famoso pianista canadiano Gregory Charles - a cantar "Easy come, easy go, little high, little low". Tudo aconteceu numa sala do hotel Corinthia, em Londres.

Este vídeo conta já com 1,8 milhões de visualizações e há quem tenha gostado da homenagem, mas também há quem tenha lançado duras críticas. Trudeau rapidamente emitiu um comunicado que foi divulgado pelo seu gabinete.

"Após o jantar de sábado, o primeiro-ministro juntou-se a uma pequena reunião com membros da delegação canadiana, que prestaram uma homenagem à vida e ao serviço de Sua Majestade". A mesma nota dizia ainda que Trudeau participou em "várias atividades para homenagear Isabel II" durante os dias que esteve em Londres. 

Mas não foi só a presença do primeiro-ministro do Canadá que foi justificada: "Gregory Charles, um reconhecido músico do Quebec e galardoado com a Ordem do Canadá, tocou piano no lobby do hotel, o que levou a que alguns membros da delegação, incluindo o primeiro-ministro, se juntassem a ele". 

Justin Trudeau foi duramente criticado por comentadores políticos canadianos, que o acusaram de não ter tido um comportamento correto dadas as circunstâncias. "Embaraçoso" e "alarido" foram alguns dos adjetivos utilizados. 

Ainda assim, também houve quem desvalorizasse a situação e fizesse questão de lembrar que o momento aconteceu num hotel e não no meio das cerimónias fúnebres. "Celebrem a vida", escreveu o advogado e escritor Mark Bourrie. 

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados