Buscas pelo ator Julian Sands continuam "apenas por helicóptero"

CNN Portugal , HCL
21 jan, 17:19

Alerta para o desaparecimento do britânico foi dado no dia 13 de janeiro, às 19:30

As buscas pelo ator britânico Julian Sands continuam quase uma semana após ter sido dado como desaparecido enquanto caminhava numa zona das montanhas de San Gabriel, na Califórnia, onde pelo menos dois outros caminhantes já morreram este Inverno.

As buscas pelo homem de 65 anos estão atualmente a ser conduzidas "apenas por helicóptero", comunicou a polícia de San Bernardino na sexta-feira à tarde, porque o risco de avalanches continua a tornar os esforços de resgate no terreno demasiado perigosos.

Não existe atualmente uma linha temporal para terminar a busca, disse a porta-voz do departamento da polícia, Gloria Huerta, na sexta-feira. A área do Monte Baldy Bowl onde Sands estava a fazer uma caminhada foi mortal este Inverno, com pelo menos dois outros caminhantes a perderem a vida na área depois de caírem no mês de dezembro.

Uma das vítimas mortais era experiente e conhecida pela família e amigos como "a rainha das caminhadas", noticiou a CBS News Los Angeles. As autoridades disseram que a vítima, que tinha anteriormente subido o Monte Whitney, um dos picos mais altos dos Estados Unidos, escorregou e caiu mais de 500 pés durante uma caminhada a 8 de janeiro, e morreu devido aos ferimentos.

As equipas de busca e salvamento responderam a mais de duas dúzias de incidentes diferentes de caminhantes perdidos ou feridos na área do Monte Baldy no mês passado, tendo as autoridades esta semana avisado mesmo os caminhantes experientes para se manterem afastados da montanha durante condições "extremamente perigosas".

Sands, o ator desaparecido, era também um caminhante ávido e residente de longa data na área de Los Angeles. 

As buscas iniciais no solo e de helicóptero de um dos seus possíveis locais nesse dia não localizaram quaisquer indícios do ator. Está em curso uma análise mais aprofundada dos dados de localização do seu telemóvel, mas, "até à data, não foram desenvolvidas quaisquer pistas viáveis".

Neste momento, não há dados que indiquem o paradeiro de Sands. O seu veículo estava localizado na zona do Monte Baldy, e foi rebocado pela família.

Relacionados

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados