opinião

Hong Kong - 25 Anos

1 jul, 07:00

Notas Soltas

Faz hoje 25 anos, estava em Hong-Kong como enviada especial. Foi nesse dia 1 de Julho de 1997 que a soberania de Hong-Kong regressou à China, depois de cerca de 150 anos de domínio Britânico. Recordo que o acontecimento foi épico. A China quis mostrar ao mundo a sua pujança económica e as cerimónias foram esplendorosas. Lembro-me da baía do rio das pérolas iluminada como nunca antes tínhamos visto.

Conheço bem Hong-Kong. Quando trabalhei em Macau, viajava muitos fins de semana para a então colónia Britânica. E foi em HK que fui operada a um tumor benigno num ovário. Desde essa altura, visitei HK dezenas de vezes. Nos últimos 25 anos, o que mais me impressionou foi o facto dos Chineses terem “ cortado” as liberdades mas mantiveram o mesmo sistema económico. O luxo; os bancos mundiais; as consultoras; a sumptuosidade dos hotéis; os maiores arranha-céus do mundo; as melhores obras arquitectónicas. 

Do ponto de vista histórico, Hong-Kong representa a maior humilhação na história da China quando em meados do século XIX, os Ingleses terem viciado em ópio milhões de Chineses e ocupado à força este pedaço de terra que se tornou um dos locais mais cosmopolitas do mundo. Nesse ponto, a China manteve tudo tal como estava.

Colunistas

Mais Colunistas

Patrocinados