Novo satélite vai monitorizar fenómenos meteorológicos: de incêndios a tempestades de areia

10 nov, 11:36
JPSS-2 (NASA)

Satélite deverá ter uma vida útil de sete anos e irá orbitar a Terra 14 vezes por dia

Os Estados Unidos lançaram esta quinta-feira o satélite JPSS-2, que irá monitorizar fenómenos meteorológicos como incêndios florestais, tempestades de areia, mas também os níveis de gelo nos polos e erupções vulcânicas.

O lançamento foi efetuado Base Espacial de Vanderberg, na Califórnia, pelas 01:25 locais (09:25 em Portugal Continental). Jordan Werth, meteorologista do NOAA (Administração Oceânica e Atmosférica Nacional), afirma ao Washington Post que o JPSS-2 vem melhorar as previsões do tempo.

"As previsões meteorológicas têm vindo a melhorar de forma constante. Sabemos que muitas dessas melhorias, particularmente nos últimos 20 anos, se devem a satélites de órbita polar".

O satélite deverá ter uma vida útil de sete anos e irá orbitar a Terra 14 vezes por dia. Apesar de cobrir um determinado local somente duas vezes por dia, o detalhe dos dados capturados será maior do que o conseguido com os satélites atuais.

O JPSS-2 terá, a partir de agora, o nome NOAA-21, e é o 17.º satélite ativo atualmente operado por esta instituição. Os próximos satélites JPSS estão programados para entrar em órbita em 2027 e 2032, de acordo com o jornal americano.

Relacionados

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados