Morreu José Castro Lopes, neurologista e presidente da sociedade portuguesa de AVC

Agência Lusa , CV
18 jul, 23:39
José Castro Lopes

O médico era considerado uma referência na comunidade médica portuguesa

O médico neurologista José Castro Lopes, fundador e presidente da Sociedade Portuguesa do Acidente Vascular Cerebral (SPAVC) desde a sua fundação em 2005, morreu esta segunda-feira aos 88 anos de idade, anunciou o organismo em comunicado.

Distinguido pela Direção-Geral da Saúde (DGS) com o Prémio Nacional de Saúde em 2018, José Castro Lopes era considerado uma referência na comunidade médica portuguesa, com uma carreira dedicada ao estudo do acidente vascular cerebral (AVC), que continua a ser a primeira causa de morte em Portugal.

Além da presidência da SPAVC, o neurologista formado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP), em 1959, foi também docente no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS).

Em termos profissionais, José Castro Lopes começou o seu percurso no Serviço de Neurologia no Hospital de Santo António, um serviço que viria a dirigir desde 1977 e no qual criou a primeira unidade de AVC do país. Chegou ainda ao cargo de diretor clínico desta unidade, além de ter liderado o Colégio de Especialidade de Neurologia da Ordem dos Médicos e a Sociedade Portuguesa de Neurologia.

Relacionados

País

Mais País

Patrocinados