"Devia isto aos meus filhos": num texto escrito à máquina e assinado a vermelho, Johnny Depp até aos xerifes agradece

1 jun, 22:39
Johnny Depp (Getty Images)

O ator venceu o caso de difamação contra Amber Heard. Vai receber 15 milhões de dólares

 "Seis anos depois, o júri devolveu-me a vida. Sinto-me verdadeiramente grato." Foi assim que Johnny Depp reagiu na rede social Instagram depois de ter sido conhecido o veredicto do caso de difamação contra Amber Heard. Venceu o processo e tem direito a 15 milhões de dólares (14,1 milhões de euros). Os sete jurados concluíram que a atriz difamou o ex-marido num artigo do "The Washington Post" - ainda que nunca tenha referido o nome do próprio - no qual fazia alegações de violência doméstica.

Depp começa a publicação por dizer que há seis anos a sua vida mudou para sempre. "Há seis anos, a minha vida, a vida dos meus filhos, as vidas daqueles que me são mais próximos, as vidas das pessoas que por muitos muitos anos me apoiaram e acreditaram em mim, mudaram para sempre. Tudo isto num abrir e fechar de olhos."

 
 
 
 
 

O ator desabafa que foram foram seis anos de "alegações falsas, muito sérias e criminosas" que espalharam e circularam pelos órgãos de comunicação social de todo o mundo e que "impulsionou uma onda de conteúdo de ódio", ainda que nunca tivesse sido acusado de nada. 

"As alegações deram duas voltas ao mundo num nanosegundo e tiveram um impacto sísmico na minha vida e na minha carreira", escreveu. 

Neste mesmo comunicado, Johnny Depp diz que decidiu avançar com este processo "após reflexões consideráveis", precisamente porque sabia da "magnitude dos obstáculos jurídicos" que teria de enfrentar, bem como da "exposição mundial inevitável" que o caso ia ter. 

"Desde o início, o objetivo de avançar com este caso era revelar a verdade, independentemente do resultado. Dizer a verdade era algo que eu devia aos meus filhos e a todos os que se mantiveram irredutíveis ao apoiar-me. Sinto-me em paz por saber que finalmente alcancei isso."

O ator quer acreditar que a sua luta em tribunal ao longo dos últimos seis anos - e, sobretudo, "a minha luta por revelar a verdade" - tenha ajuda outras pessoas a nunca desistir. 

Por fim, reconheceu o "nobre trabalho da juíza, dos jurados, dos funcionários do tribunal e dos xerifes que sacrificaram o seu próprio tempo para chegar a este ponto, e da minha equipa legal diligente e inabalável, que fez um trabalho extraordinário em ajudar-me a partilhar a verdade".

 Foram as últimas duas frases de Depp neste comunicado. ""O melhor está por vir e começou finalmente um novo capítulo". "A verdade nunca morre.

  

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados