Eis o Wordle, a mais recente obsessão na internet

CNN , Ramishah Maruf
19 jan, 08:54

Um jogo de palavras que passou de 90 jogadores em outubro do ano passado para 300 mil no início deste mês

Curioso sobre o que são os blocos verdes e amarelos por cima das publicações nas redes sociais? É o Wordle, um novo jogo de palavras simples que encantou a internet.

Veja-o como o Mastermind, mas com palavras em vez dos pinos coloridos. Ou umas mini-palavras-cruzadas sem pistas. Começa-se por escolher qualquer palavra de cinco letras, escrevendo-a na grelha. As letras incorretas surgem a cinzento. As letras corretas passam a amarelo e, se a letra estiver também no sítio certo, fica verde. Os utilizadores têm seis tentativas para adivinhar a palavra, e mais nada. Quanto menos tentativas, melhor. Como no golfe.

No meio de um ciclo de notícias caótico e polarizado, um jogo simples de palavras pode bem ser o que a internet precisa.
Até a história por detrás do jogo é intrigante. O “The New York Times” noticiou que foi criado por Josh Wardle, engenheiro de software, para a sua companheira, que adora jogos de palavras. Wardle - sim, até o nome do jogo é um trocadilho - acabou por trazer o seu projeto paralelo a público em outubro, depois de se tornar popular num grupo de conversação da família. Desde então, aumentou de 90 jogadores para 300 mil, no início de janeiro.

“É algo que nos incentiva a gastar três minutos por dia”, disse ele numa entrevista à “Times”. “Não exige mais do nosso tempo.”

Deepak Venkatasubramanian, de Charlotte, Carolina do norte, vê o Wordle como o jornal matutino. Ele diz que é revigorante ter uma sensação de rotina durante uma pandemia e numa sociedade com sobressaturação de informação. Quando era criança, ele jogava um jogo de palavras semelhante nas viagens de família, e agora joga Wordle num grupo de conversação com os amigos para manter o contacto. O seu grupo de recém-formados na universidade criou uma folha de cálculo para registar as pontuações.

“Temos uma cultura em que é possível aceder a tudo imediatamente”, disse Venkatasubramanian. “É como esperar que estreie um episódio da nossa série de televisão favorita.”

O jogo, uma combinação bastante simples de lógica com sorte pura, ficou ao rubro nas redes sociais e grupos de conversação, depois de Wardle ter criado uma maneira fácil de partilhar os resultados permitindo aos utilizadores copiarem e colarem os quadrados coloridos sem revelarem a palavra. Milhares de pessoas publicam as suas pontuações todos os dias no Twitter, revelando se foram muitas ou poucas as suas tentativas para resolverem o enigma e em que ordem.
Para muitos, tornou-se parte da rotina diária. A cada 24 horas, Wardle publica um novo jogo num website criado por si. Não há requinte. Também não há publicidade, nem informação de registo nem pedidos de dinheiro.

“Não compreendo por que razão uma coisa não pode apenas ser divertida. Não tenho de cobrar dinheiro às pessoas por isto e gostaria de o manter assim”, disse Wardle numa entrevista recente.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados