As 16 menções de Biden a Trump (sem se referir ao "ex-presidente") sobre a invasão ao Capitólio

6 jan, 18:26

Entre três "grandes mentiras" e a responsabilidade de Donald Trump, Joe Biden não tem dúvidas: o antigo presidente "ficou sentado na Casa Branca a ver tudo na televisão"

PUB

Joe Biden dirigu-se à nação dos Estados Unidos para assinalar um ano da invasão ao Capitólio daquele país por parte de apoiantes de Donald Trump.

Num discurso longo e direto, o presidente nunca referiu o nome do antecessor. Em vez disso, utilizou 16 vezes a expressão "antigo presidente", a quem acusou de "derrota", "falhanço" e "mentira".

PUB

Já depois do discurso, Joe Biden deu uma breve explicação sobre o facto de não ter mencionado Donald Trump pelo nome: "Não é sobre mim, não é sobre a vice-presidente. Não é sobre o sistema ou alguém que se decide colocar acima dele. Não quis tornar isto numa luta política. Está para além disso".

Aqui ficam as referências a Donald Trump:

  1. "O que não vimos? Não vimos um antigo presidente que incentivou uma multidão a fazer o ataque, sentado na sala de jantar privada da Sala Oval na Casa Branca, a ver tudo na televisão".
  2. "Um ex-presidente dos Estados Unidos da América criou e espalhou uma teia de mentiras sobre a eleição de 2020".
  3. "A grande mentira que foi contada pelo ex-presidente, e muitos republicanos que temem a sua ira, é que a insurreição neste país ocorreu no dia das eleições".
  4. "Os apoiantes do antigo presidente estão a tentar reescrever a história".
  5. "O ex-presidente perdeu em vez de olhar para os resultados".
  6. "O antigo presidente e os seus apoiantes decidiram que a única forma de ganharem era suprimir os votos".
  7. "A segunda grande mentira contada pelos apoiantes do ex-presidente é que os resultados da eleição de 2020 não são fiáveis".
  8. "Todas as contestações legais que questionaram os resultados, e todos os tribunais neste país, que poderiam tê-lo feito, fizeram-no e isso foi rejeitado, muitas vezes rejeitado por juízes nomeados pelos republicanos, incluindo juízes nomeados pelo próprio ex-presidente."
  9. "Ainda antes dos primeiros resultados, o ex-presidente foi começando a colocar a dúvida sobre os resultados."
  10. "Ele não é apenas um antigo presidente".
  11. "Ele é um ex-presidente derrotado."
  12. "O ex-presidente falhou ao apresentar o seu caso."
  13. "O antigo presidente e os seus apoiantes nunca foram capazes de explicar como aceitaram tão claramente os resultados das outras eleições."
  14. "O ex-presidente não perdeu essas corridas, perdeu apenas aquela que era sua."
  15. "A terceira grande mentira contada pelo ex-presidente e pelos seus apoiantes é que a multidão que tentou impor a sua vontade pela violência era patriota".
  16. "O ex-presidente mentiu sobre esta eleição e a multidão que atacou o Capitólio não podia ter estado mais longe dos valores americanos."
PUB
PUB
PUB

Joe Biden discursou esta quinta-feira, no dia que marca um ano da invasão de milhares de apoiantes de Donald Trump ao Capitólio. Uma multidão violenta entrou na casa da democracia americana, num episódio que causou cinco mortos e que manchou a visibilidade do país.

Nesse 6 de janeiro, milhares tentaram suspender a confirmação de Joe Biden como novo presidente e sucessor de Donald Trump. 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados