Morreu Joana Marques Vidal, ex-procuradora-geral da República

Sandra Felgueiras , com Lusa
9 jul, 15:59

Joana Marques Vidal foi a primeira mulher a liderar a Procuradoria-Geral da República, entre 2012 e 2018, sendo sucedida no cargo por Lucília Gago

Morreu a ex-procuradora-geral da República Joana Marques Vidal, vítima de doença prolongada, confirmou a CNN Portugal.

Segundo o jornal Observador, que avançou com a notícia, Joana Marques Vidal, de 68 anos, estava internada no Hospital de São João do Porto há várias semanas.

A ex-procuradora-geral da República esteve em coma induzido devido a uma operação por causa de um cancro e acabou por sofrer uma septicemia.

De acordo com fonte familiar, citada pela Lusa, o velório de Joana Marques Vidal será realizado a partir das 14:00 de quarta-feira na aldeia de Pedaçães, concelho de Águeda, distrito de Aveiro.

Joana Marques Vidal foi a primeira mulher a liderar a Procuradoria-Geral da República (PGR), exercendo o cargo entre 2012 e 2018 e sendo sucedida por Lucília Gago.

Foi nomeada para a PGR em outubro de 2012 pelo então Presidente da República Cavaco Silva, ocupando o cargo detido até então por Pinto Monteiro.

Natural de Coimbra, onde nasceu em 1955, Joana Marques Vidal licenciou-se em Direito em 1978 e entrou no ano seguinte para a magistratura do Ministério Público.

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados