A gata Willow é a nova inquilina da Casa Branca

28 jan, 12:36

Willow tem dois anos e foi escolhida pela primeira-dama, Jill Biden, que anunciou a chegada da gata à Casa Branca esta sexta-feira

Chama-se Willow em homenagem à terra natal de Jill Biden, a primeira-dama dos Estados Unidos, e chegou esta semana à Casa Branca. A gata de dois anos, com o pelo curto malhado em tons de cinza, foi apresentada pela primeira-dama nas redes sociais esta sexta-feira.

“Conheçam a Willow”, lê-se na publicação de Jill Biden, que há meses antecipava que gostaria de ter um gato na Casa Branca.

 

À CNN, Michael LaRosa, assessor de imprensa da primeira-dama, revelou que a mulher de Joe Biden conheceu a gata numa evento de campanha em 2020 na Pensilvânia: o animal saltou para o palco e chegou mesmo a interromper o discurso de Jill. Foi então que os donos da quinta onde decorria o comício perceberam que a gata devia estar com Jill Biden, com quem tinha partilhado uma “ligação imediata”.

“A Willow está a instalar-se na Casa Branca com os seus brinquedos favoritos e muito espaço para cheirar e explorar”, informou em comunicado o assessor de imprensa da primeira-dama.

Willow partilha agora a Casa Branca com Commander, o pastor alemão que os Biden adotaram em dezembro do ano passado. Champ, o antigo pastor alemão da família, morreu em junho de 2021, com 13 anos, e o outro pastor alemão dos Biden, chamado Major, vive agora fora da Casa Branca depois de uma série de agressões aos funcionários.

A última vez que houve um gato na Casa Branca foi durante a administração de George W. Bush: a família Bush adotou uma gata chamada India.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados