Jada Pinkett Smith fala pela primeira vez da bofetada nos Óscares (e espera que Will Smith e Chris Rock se reconciliem)

CNN Portugal , MJC
2 jun, 09:14
Jada Pinkett-Smith

Durante a cerimónia dos Óscares, em março, Will Smith subiu ao palco e agrediu o apresentador Chris Rock por ele ter feito uma piada sobre o corte de cabelo da mulher

Jada Pinkett Smith pediu a Will Smith e Chris Rock para se encontrarem e fazerem as pazes: "A minha esperança mais profunda é que esses dois homens inteligentes e capazes tenham uma oportunidade para conversar sobre o que se passou e se reconciliarem. No estado atual do mundo, precisamos de ambos, na verdade precisamos uns dos outros mais do que nunca", disse a mulher de Will Smith, no episódio de quarta-feira de "Red Table Talk, o seu programa no Facebook Watch, naquela que foi a sua primeira intervenção pública explicitamente sobre o assunto.

Durante a cerimónia dos Óscares, em março, Will Smith subiu ao palco e agrediu o apresentador Chris Rock por ele ter feito uma piada sobre o corte de cabelo da mulher. A atriz sofre de alopecia, uma doença que causa queda de cabelo. Após o incidente, Will Smith pediu desculpas a Rock e à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas em comunicado. Apesar disso, o ator foi proibido de comparecer na cerimónia dos Óscares por uma década.

Jada explicou que, depois do sucedido, a família empenhou-se num processo de "cura profunda": "Will e eu continuamos a fazer o que temos feito nos últimos 28 anos, que é continuar a descobrir juntos como é essa coisa chamada vida".

No programa, Jada teve como convidada a mãe de Rio Allred, de 12 anos, que se suicidou após sofrer bullying por ter alopecia. "Considerando o que eu passei e o que aconteceu nos Óscares, milhares de pessoas contactaram-me e partilharam as suas histórias", explicou.

"Estou a aproveitar este momento para dar à nossa 'família alopecia' a oportunidade de falar sobre como é ter essa condição e informar as pessoas sobre o que é realmente a alopecia", concluiu.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Artes

Mais Artes

Patrocinados