Will Smith e Chris Rock têm um historial que antecede a estalada nos Óscares

CNN , Lisa Respers France
29 mar, 10:39

Domingo à noite não foi a primeira vez que Chris Rock brincou sobre Jada Pinkett Smith, mas pode ter sido a última. O marido, Will Smith, invadiu o palco na 94.ª cerimónia dos prémios da Academia, - depois de Rock ter dito, a brincar: “Jada, adoro-te. ‘GI Jane 2’, estou ansioso por ver’”, - e atingiu Rock na cara. 

A atriz Demi Moore rapou a cabeça para o seu papel no filme “G.I. Jane” e Pinkett Smith tem um corte de cabelo muito curto porque sofre de alopecia, uma perturbação autoimune que causa a queda do cabelo. 

Em 2016, Rock apresentou os Óscares e brincou sobre Pinkett Smith e o marido boicotarem o #OscarsSoWhite, o movimento online que começou como uma forma de abordar a falta de diversidade nos prémios da Academia. 

Rock declarou que os Smith, assim como o realizador negro Spike Lee “ficaram doidos” com a questão, já que não havia nomeados negros na representação, naquele ano.

“A Jada boicotar os Óscares é como eu boicotar as cuecas da Rihanna”, disse Rock durante o monólogo de abertura. “Ninguém me convidou.” Rock continuou a brincar e a dizer que entendia a raiva de Pinkett Smith. “Jada está zangada porque o marido Will não foi nomeado por “A Força da Verdade”, disse Rock em referência ao filme de futebol de 2015, que Will Smith protagonizou. “Eu entendo. Não é justo que Will tenha sido tão bom e não tenha sido nomeado. Também não é justo que Will tenha recebido 20 milhões de dólares pelo ‘Wild Wild West'".

Pinkett Smith comentou as piadas dias depois, quando questionada por uns paparazzi. “Ouçam, isso são ossos do ofício. Temos de andar para a frente”, disse ela. “Temos muitas coisas com as quais temos de lidar, muitas coisas que estão a acontecer agora, no nosso mundo. Temos de andar para a frente."

O E! relatou que Smith, que estava a filmar “Beleza Colateral” em Nova Iorque, na altura, simplesmente sorriu e fez um sinal de paz, quando questionado.

A relação entre Smith e Rock remonta à década de 1990. Rock foi convidado na série de sucesso de Smith, “O Príncipe de Bel-Air”, onde interpretou uma personagem chamada Maurice e a irmã de Maurice, Jasmine.

Em 2018, Smith publicou uma mensagem de aniversário na sua conta do Instagram para a ex-mulher Sheree Zampino, que é mãe do seu filho adulto Trey.
“Parabéns, @shereezampino. #BestBabyMamaEver! :-) Adoro-te, Ree-Ree”, dizia a legenda da publicação. Rock deixou um comentário a dizer: “Ena! A tua mulher é muito compreensiva”, segundo o E!, ao que Zampino respondeu: “Não odeies.”

Artes

Mais Artes

Patrocinados