Oito adeptos detidos e seis agentes feridos após noite de caos em Nápoles

16 mar, 11:14
Caos em Nápoles (CIRO FUSCO/GETTY IMAGES)

Autarquia criou gabinete de crise para restabelecer a ordem e avaliar prejuízos

Um gabinete de crise foi convocado pela autarquia de Nápoles para restabelecer a ordem e avaliar danos e prejuízos na sequência dos confrontos no centro histórico da cidade, entre adeptos da equipa da casa e do Eintracht Frankfurt, antes e após o jogo entre as duas equipas para a Liga dos Campeões.

Segundo as últimas informações das autoridades, oito adeptos foram presos na sequência dos incidentes, sendo cinco italianos e três alemães. Foram ainda identificados um total de 470 adeptos do Eintracht.

De acordo com a polícia, seis agentes ficaram feridos na sequência do caos provocado durante a noite, que teve a participação também de adeptos da Atalanta, além dos do Nápoles e do Eintracht, sendo que centenas de adeptos germânicos se deslocaram para Itália mesmo sabendo que não poderiam assistir ao jogo no estádio.

Antes do jogo autocarros de adeptos do Eintracht foram atacados por ultras do Nápoles, que, já durante a noite, após a partida, tentaram cercar os hotéis onde muitos alemães estavam hospedados, tendo a polícia de intervir para criar um perímetro de segurança.  

Em campo, os napolitanos venceram o Eintracht Frankfurt por 3-0 (depois de uma vitória por 2-0 na Alemanha) e apuraram-se pela primeira vez na história para os quartos de final da Liga dos Campeões.

Relacionados

Patrocinados