Um pedido a quem presta homenagem a Isabel II: não deixem o Urso Paddington nas ruas

11 set, 21:33

Velas, balões ou souvenirs não devem ser deixados nos memoriais. A entidade que gere os parques reais pede que sejam depositadas apenas flores, sem plástico a envolvê-las. Cartões também são bem-vindos no tributo

O momento tocou o coração de todos os que seguiam o dia a dia da rainha Isabel II. O Urso Paddington, figura de referência nos contos infantis, senta-se à mesa com a monarca. E, de repente, oferece-lhe uma sandes com doce de laranja. A soberana agradece o gesto e surpreende todos: é que dentro da mala, mostra, guarda sempre uma sanduíche para quando a fome der sinais. Foi em junho, no Jubileu de Platina, que a soberana mostrou o seu lado mais divertido.

Paddington agradeceu à rainha “por tudo”. E agora, com a morte de Isabel II, é com a figura deste urso de peluche que muitos britânicos estão a prestar tributo à rainha que reinou durante 70 anos. Em alguns casos, o boneco vem mesmo acompanhado por uma sanduíche com doce, conservada dentro de um pequeno saco de plástico.

Até um bule com Paddington foi deixado num dos memorais (Getty Images)

Mas a Royal Parks, que gere os parques da cidade reais da cidade londrina e está a fazer a gestão dos memoriais ali existentes, deixa um pedido a todos os que prestam homenagem a Isabel II: não deixem Ursos Paddington. Nem peluches com a forma de corgi, a raça de cães preferida da rainha. Nem velas ou balões ou as tradicionais figuras de recordação.

Quem quer deixar algo nos memoriais deve, antes, optar por flores. A Royal Parks pede que apenas sejam deixados materiais orgânicos ou compostáveis. Os ramos de flores não devem estar embrulhados por plástico – até porque isso lhes reduz a frescura e a duração. Os buquês podem ser acompanhados por cartões ou etiquetas: serão todos depois separados e guardados.

Ao longo dos últimos dias, milhares de pessoas têm prestado homenagem a Isabel II, que faleceu aos 96 anos, deixando flores e outros objetos por todo o Reino Unido. O Palácio de Buckingham, o Castelo de Windsor e Balmoral são três dos locais onde estes tributos mais se repetem.

Europa

Mais Europa

Patrocinados