Não conseguiu verificar as faturas? Já pode ver valores das deduções à coleta no IRS e reclamar

ECO - Parceiro CNN Portugal , Mariana Espírito Santo
16 mar 2023, 11:48
Dinheiro

Se não concordar com os valores que o Fisco está a considerar para as deduções no IRS, pode reclamar até ao final do mês. Em alternativa, poderá corrigir manualmente na entrega da declaração

Já pode consultar no Portal das Finanças a lista de todas as despesas que o Fisco irá contabilizar para fins de dedução à coleta de IRS. Os contribuintes podem verificar as informações na página pessoal, sendo que poderão reclamar sobre incorreções nestes valores até ao final do mês.

Vários portugueses tiveram problemas a validar as faturas no último dia do prazo devido a falhas no Portal das Finanças, pelo que têm agora até dia 31 de março para consultar as despesas a deduzir no IRS e reclamar, se não concordarem com os valores apurados, ou optar por preenchê-los manualmente na declaração de IRS.

Para consultar as deduções que o Fisco está a considerar para efeitos de IRS basta consultar a área referente às deduções à coleta no Portal das Finanças, seguindo este link. Coloque os dados de acesso à plataforma e poderá, depois, ver as despesas, sendo de salientar que “o valor da dedução foi calculado individualmente sem atender à composição do agregado familiar nem ao regime de tributação (separada ou conjunta)”, como notam as Finanças.

Se não concordar com os valores, pode reclamar, mas apenas relativamente às despesas gerais familiares e às referentes à dedução de IVA por exigência de fatura. Para as outras deduções, terá de fazer as correções na entrega do IRS, que ocorre entre 1 de abril e 30 de junho.

Para quem não concorda com os valores apurados pelo sistema em termos de despesas de saúde, formação e educação, encargos com imóveis e encargos com lares, pode “manualmente efetuar essa correção no Anexo H da declaração do IRS, no respetivo campo”.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados