Danielle, que se formou a oeste dos Açores, passa de tempestade tropical a furacão

2 set, 16:56
Furacão Danielle

É o primeiro furacão de uma temporada de furacões no Atlântico "estranhamente tranquila"

A tempestade tropical Danielle, que se formou a oeste dos Açores, intensificou-se e foi declarada como furacão de categoria 1, anunciou esta sexta-feira o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês).

"É o primeiro furacão de uma temporada de furacões no Atlântico estranhamente tranquila", destacam as autoridades norte-americanas.

Cerca das 16:00 desta sexta-feira, o sistema estava localizado a cerca de 900 milhas (1.448 quilómetros) a oeste dos Açores e movia-se para leste a 4,8 quilómetros por hora.

O furacão está previsto avançar sobre o Atlântico aberto durante os próximos dois dias e depois virar lentamente para o nordeste no início da próxima semana, adianta o relatório do NHC.

Probabilidade da força do vento nos próximos cinco dias. Foto: NHC

"Os ventos máximos sustentados aumentaram para cerca de 120 km/h com rajadas mais altas. Está prevista alguma intensificação adicional durante os próximos dias", pode ler-se na nota.

Ainda não foram emitidos avisos ou alertas costeiros, uma vez que o furacão atualmente não é uma ameaça para nenhuma terra, sabendo-se, contudo, que irá influenciar o estado do tempo no arquipélago dos Açores na próxima semana, provocando um ligeiro aumento da intensidade do vento e alguma precipitação, especialmente nas ilhas do grupo Ocidental.

"São situações que têm uma trajetória imprevisível e o IPMA está a acompanhar a situação diariamente", adiantou o IPMA à CNN Portugal.

Relacionados

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados