Apple confirma especulações: está mesmo a produzir o iPhone 14 na Índia

CNN , Diksha Madhok em Nova Deli
26 set, 10:57
iPhone 14 (Apple/Youtube)

Gigante tecnológica confirma que está a produzir a nova linha do seu novo smartphone na Índia, pondo fim a semanas de especulações.

A Apple começou a fabricar o seu novo iPhone 14 na Índia, uma vez que o gigante da tecnologia procura diversificar a sua cadeia de logística para longe da China.

A empresa ainda fabrica a maior parte dos seus produtos na China, mas decidiu começar a produzir os seus últimos dispositivos na Índia muito mais cedo do que aconteceu com as gerações anteriores do seu smartphone.

A empresa lançou o seu novo iPhone há três semanas. Os dispositivos mais recentes oferecem sistemas de câmara atualizados, um novo ecrã de bloqueio interativo e, nos modelos Pro, um desempenho muito mais rápido. A empresa também introduziu novas características de segurança, tais como a tecnologia de deteção de colisão de carros e uma ferramenta SOS de emergência.

“A nova linha do iPhone 14 apresenta novas tecnologias inovadoras e capacidades de segurança importantes. Estamos entusiasmados por fabricar o iPhone 14 na Índia”, disse a empresa numa declaração esta segunda-feira, confirmando semanas de especulação.

Estes dispositivos da Apple são fabricados na Índia pela Foxconn, Wistron e Pegatron, de Taiwan, mas a empresa começaria tipicamente a montar modelos no país apenas sete a oito meses após o seu lançamento, disse Tarun Pathak, diretor de pesquisa da Counterpoint, à CNN.

O anúncio desta segunda-feira marca uma grande mudança na sua estratégia e chega numa altura em que as empresas tecnológicas americanas procuram alternativas à China, onde as cadeias de logística globais têm enfrentado perturbações devido a confinamento rígidos relacionados com a Covid-19. Há também preocupações crescentes sobre o risco de uma maior fratura entre a China e os Estados Unidos em relação a Taiwan.

Os analistas têm vindo a prever que a Apple reduzirá a sua dependência da China já há algum tempo. O Wall Street Journal relatou no início deste ano que a empresa procurava aumentar a produção em países como o Vietname e a Índia, citando a rigorosa política da Covid da China como uma das razões.

“A Apple quer diversificar e não pôr todos os seus ovos no mesmo cesto”, disse Pathak, acrescentando que a mudança é uma “demonstração de fé na Índia”.

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados