VÍDEO: Trincão marca e assiste mas Wolves permitem reviravolta do Leeds

18 mar, 22:23
Francisco Trincão e Adam Forshaw no Wolverhampton-Leeds (AP)

Rúben Neves saiu lesionado na primeira parte, Daniel Podence também assistiu, mas a vantagem de dois golos fugiu já na última meia hora e após a expulsão de Raúl Jiménez

Primeira parte de sonho, segunda de pesadelo.

O Wolverhampton vencia por 2-0 ao intervalo, mas foi derrotado na noite desta sexta-feira no Molineux pelo Leeds (2-3), num jogo em que Francisco Trincão marcou e assistiu, Daniel Podence também serviu um golo e Rúben Neves – convocado para o play-off de acesso ao Mundial – saiu lesionado aos 25 minutos.

No duelo da 30.ª jornada da Premier League, Trincão entrou para o lugar de Neves numa substituição forçada, mas em boa hora para o treinador português Bruno Lage. No minuto seguinte, Trincão assistiu e Jonny Otto fez o 1-0 para os lobos.

O golo de Jonny Otto:

Numa primeira parte que teve oito minutos, mas acabou por estender-se quase até aos 12, Trincão avisou com um remate potente ao poste, imediatamente antes de fazer mesmo o 2-0, num golo 100 por cento português, com assistência de Daniel Podence.

O golo de Trincão:

No regresso do descanso, o Wolverhampton sofreu um contratempo que viria a ser importante no decurso do jogo, com a expulsão do avançado mexicano ex-Benfica Raúl Jiménez, por acumulação de amarelos, ao minuto 53.

E seria outro ex-Benfica a ajudar o Leeds a dar o mote para a reviravolta da equipa comandada por Jesse Marsch. Já depois do 2-1 de Jack Harrison (63m), Rodrigo fez a igualdade no marcador ao minuto 66 e já em tempo de compensação, Luke Ayling marcou o golo que valeu os três pontos ao Leeds – é a segunda vitória seguida após uma grande crise de resultados – e a derrota do Wolverhampton, que podia ter-se colado aos lugares europeus, mas continua no oitavo lugar, com 46 pontos.

O Leeds chega aos 29 pontos e está no 16.º lugar. Tem sete pontos de vantagem para a zona de descida, ainda que haja equipas com vários jogos em atraso, como é caso, por exemplo, do 19.º e penúltimo, o Burnley, que tem 21 pontos e menos três jogos.

A saída por lesão de Rúben Neves:

Relacionados

Patrocinados