Estrela Vermelha vai retirar camisola 11 em homenagem a Dragan Dzajic

4 dez 2022, 12:23
Dragan Dzajic, histórico do Estrela Vermelha

Ganês Osman Bukari, que esteve no Mundial 2022, vai ser o último a jogar com o número do antigo avançado

O Estrela Vermelha decidiu retirar no final da presente época a camisola número 11, em homenagem ao seu antigo avançado Dragan Dzajic, anunciou o clube de Belgrado no seu site oficial.

A assembleia geral do clube, reunida no sábado em sessão extraordinária, validou a proposta do comité que dirige o clube de não mais ser utilizado este número, de forma a homenagear tudo o que Dzajic fez pelo clube.

Desta forma, o ganês Osman Bukari, que representou o Gana no Mundial 2022, será o último jogador a envergar o número 11 do Estrela Vermelha.

Dragan Dzajic, atualmente com 76 anos, cumpriu grande parte da sua carreira ao serviço do Estrela Vermelha, pelo qual se estreou em 1961, com apenas 15 anos.

Depois da carreira futebolística, terminada em 1978, Dzajic exerceu as funções de diretor técnico do clube de Belgrado, sendo considerado o «arquiteto» da equipa que em 1991 venceu a Taça dos Campeões Europeus e a Taça Intercontinental.

Relacionados

Patrocinados