Ronald Araújo lesiona-se com o Uruguai e arrisca-se a falhar Mundial

24 set, 15:21
Ronald Araújo (Photo by Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images)

Central poderá estar ausente dos relvados durante dois meses, escreve a imprensa catalã

A paragem para os compromissos das seleções nacionais promete ser uma «dor de cabeça» para o Barcelona. Este sábado, o emblema espanhol detalhou as lesões dos defesas-centrais Jules Koundé e Ronald Araújo, que já foram sujeitos a exames médicos.

O uruguaio «tem uma fratura por avulsão do tendão adutor da coxa direita», enquanto o francês está a contas com «uma lesão no bíceps femoral do tendão esquerdo». 

Embora o Barça não tenha divulgado o período de ausência dos dois jogadores, a imprensa da Catalunha escreve que o caso de Ronald Araújo é o que inspira maior preocupação e o central poderá mesmo falhar o Mundial do Qatar, que começa já no final de novembro e onde o Uruguai é adversário de Portugal na fase de grupos.

De resto, Araújo teve de abandonar o jogo diante do Irão (derrota por 1-0) ainda no primeiro minuto de jogo. Segundo o Mundo Deportivo, o uruguaio deve ficar de fora durante dois meses e arrisca-se a falhar os próximos 12 jogos. Já o Sport, adianta que a paragem deverá ser de mais de um mês e a Marca aponta a um mês e meio.

Ora, de acordo com as expectativas dos jornais espanhóis, o central vai recuperar mesmo em cima da hora para poder estar no Mundial - chegando ao Qatar com pouca preparação física - ou, na pior das hipóteses, não poderá ser convocado por Diego Alonso.

Koundé, por seu turno, estará de fora três a quatro semanas.

Os dois jogadores assumiram preponderância no arranque de temporada do Barça: Araújo participou em sete jogos, Koundé soma três.

Relacionados

Seleção

Mais Seleção

Patrocinados