Ministério da Justiça italiano envia pedido de extradição de Robinho

4 out, 16:44
Robinho

Antigo futebolista foi condenado em janeiro por violência sexual em grupo

O Ministério da Justiça italiano já enviou às autoridades brasileiras o pedido de extradição do antigo futebolista Robinho e do amigo Ricardo Falco, ambos condenados em janeiro a nove anos de prisão, por violência sexual em grupo.

A informação foi divulgada esta terça-feira pela agência noticiosa italiana ANSA, que refere que as escrituras seguiram nos últimos meses assinadas pela promotora Adriana Blasco.

Além dos nove anos, Robinho foi condenado pelo Supremo Tribunal de Itália a pagar uma indemnização de 60 mil euros, por ter abusado de uma jovem albanesa, num espaço noturno de Milão, em janeiro de 2013, quando o brasileiro representava o Milan.

Recorde-se que a Constituição brasileira não permite a extradição dos seus cidadãos, pelo que é improvável que Robinho e o amigo sejam entregues à justiça italiana. Ainda assim, o antigo futebolista arrisca-se a ser preso caso decida deixar o Brasil.

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados