Até Ramos se rendeu a Ronaldinho: «Inventou o futebol bonito» (VÍDEO)

28 dez 2021, 08:53
Ronaldinho (PSG)

Craques do PSG não pouparam nos elogios na visita do Bola de Ouro de 2005 ao Parc des Princes

Ronaldinho esteve recentemente no Parc dos Princes e recordou o início da carreira ao pisar o relvado do primeiro estádio onde jogou quando deu os primeiros passos na Europa. Já os jogadores do Paris Saint-Germain não pouparam nos elogios à antiga estrela brasileira.

«É uma pessoa por quem tenho muito carinho, sou muito grato pela forma como me tratou no início da carreira. Vê-lo é sempre uma alegria», disse Messi, aos órgãos do clube parisiense.

«Jogador extraordinário, diferente, de muita fantasia, as pessoas esperavam sempre algo diferente dele. Era especial pelo que fazia no relvado, pela qualidade individual superior à dos outros. Divertia-se e isso notava-se.»

Mas Ronaldinho também devolveu as palavras ao craque argentino, com quem mantém um forte vínculo desde que Messi começou a treinar com a equipa principal do Barcelona. O brasileiro esperava mesmo que o novo camisola 30 do PSG pendurasse as chuteiras em Camp Nou.

«Não esperava que isso acontecesse, achei que ele ia terminar a carreira no Barcelona. Mas fiquei muito feliz de o ver no PSG, um clube pelo qual tenho muito carinho, é uma surpresa boa. É um pouco como eu, quando tem câmara fica mais tímido. Mas é uma pessoa maravilhosa, um grande pai e amigo, não é só bom dentro de campo, é uma pessoa fora do normal», sublinhou.

Sergio Ramos foi um dos defesas da Liga Espanhola que mais sofreu com os dribles de Ronaldinho, mas não lhe guarda qualquer mágoa.

«Acho que foi o jogador mais mágico que vi na história do futebol. Vi-o fazer coisas que nunca mais vi em toda a minha vida. É um mago, um génio. O futebol dele marcou-nos, o drible, a velocidade. Foi um jogador único. A única pena é que não tenha estado mais anos ao alto nível. Deixou um legado do que é o futebol diferente, o samba brasileiro.»

Na atualidade, poucos jogadores se assemelham ao Bola de Ouro de 2005, mas Neymar é, sem dúvida, um dos que consegue aproximar-se dessa comparação.

«O Ronaldinho inspirou-me tal como muitos jogadores brasileiros. Tem uma história maravilhosa no futebol, inventou o futebol ‘joga bonito’. Foi uma honra ter jogado com ele em alguns momentos na seleção brasileira», disse o avançado brasileiro do PSG.

Veja o vídeo:

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados