Helsínquia deixa de servir carne em eventos oficiais para reduzir pegada de carbono

5 nov, 08:11
Carne
Carne

A autarquia planeia oferecer apenas pratos vegetarianos e peixes locais sustentáveis

PUB

A capital da Finlândia vai deixar de servir pratos de carne em seminários, cimeiras, reuniões de equipa, receções e outros eventos, a partir de janeiro de 2022, para reduzir a pegada de carbono, anunciou o município de Helsínquia.

Numa nota, a Câmara Municipal da capital finlandesa refere que a medida faz parte de um esforço mais amplo "que visa reduzir o impacto climático dos alimentos e reduzir a quantidade de recursos naturais utilizados pela cidade".

PUB

A autarquia planeia oferecer apenas pratos vegetarianos e peixes locais sustentáveis.

A diretora de comunicação do município de Helsínquia, Liisa Kivela, disse à agência de notícias AP que a alteração de hábitos alimentares entrará em vigor em janeiro e excluirá escolas e refeitórios em locais de trabalho.

Liisa Kivela adiantou que a política adotada pela Câmara Municipal também permite exceções em algumas "visitas de alto nível ou eventos semelhantes" organizados pelo presidente, Juhana Vartiainen, ou pelos gerentes seniores da cidade, que tem cerca de 650.000 habitantes.

PUB
PUB
PUB

A medida estipula que café, chá e alimentos como bananas, oferecidos nos eventos, terá de ser adquiridos de produtores de comércio justo. Além disso, o leite de aveia substituirá o leite normal, e lanches e bebidas não poderão ser mais servido em recipientes descartáveis.

Eleito presidente da Câmara de Helsínquia em agosto, Juhana Vartiainen disse, no entanto, estar feliz por a cidade manter a opção de servir carne em algumas ocasiões.

Por exemplo, se o rei da Suécia vier para uma visita, a gastronomia local pode ser servida. Ou algum grupo para qual é natural oferecer carne. Deve haver discrição e bom senso", disse o autarca ao jornal finlandês Iltalehti.

A decisão do município gerou esta semana um intenso debate nas redes sociais entre cidadãos e políticos.

Os deputados com constituintes na Finlândia rural, onde a caça é popular e pratos de caça são servidos com frequência, ficaram particularmente perturbados. A carne de renas criadas é servida, de forma assídua, a dignitários estrangeiros em visita.

PUB
PUB
PUB

O Instituto de Recursos Naturais da Finlândia disse no início deste ano que o consumo de carne no país caiu dois anos consecutivos, uma vez que mais pessoas decidiram fazer hambúrgueres, salsichas e carne picada através de produtos vegetais.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Gastronomia

Mais Gastronomia