França: Bielsa reclama três milhões de euros ao Marselha

30 set, 16:59
Marcelo Bielsa no Marselha (AP Photo/Claude Paris, File)

Em causa um alegado incumprimento de um acordo que previa um aumento do salário na passagem para a segunda época no clube

O treinador argentino Marcelo Bielsa reclama três milhões de euros ao Marselha, clube que deixou em agosto de 2015.

Os advogados do técnico, Meus Benjamin Cabagno e Arnaud Ibanez, denunciaram «uma falha» e uma «estratégia injusta» do clube relativamente ao contrato de trabalho, de acordo com o L’Equipe e a AFP.

Esta sexta-feira, no tribunal industrial de Marselha, a defesa de Bielsa alegou que existiu um incumprimento de um acordo com o presidente Vincent Labrune relativo a um aumento de 25 por cento do salário entre a primeira e a segunda época. O clube, liderado na altura pelo diretor geral Philippe Perez e pela advogada e acionista maioritária, Margarita Louis-Dreyfus, rejeitou aumentar a remuneração líquida em 185 mil euros.

Os representantes do treinador defendem que o clube «manipulou um pouco o sistema» e pedem uma indemnização de 2.775 milhões de euros, além de outras de 20 mil e 180 mil euros, por danos morais e danos de imagem, respetivamente.

Bielsa, recorde-se, demitiu-se a 8 de agosto de 2015, após uma derrota com o Caen (1-0), alegando desentendimentos com a direção.

Relacionados

Patrocinados