Ele é o homem mais popular do TikTok e não diz uma palavra

3 out, 17:35
Khaby Lame
Khaby Lame

Provavelmente alguns já sabem quem ele é. Outros, se não sabem, deviam saber. O humor é simples, não tem fronteiras, não tem culturas e nem sempre precisa de palavras

PUB

Quando, no ano passado, a Itália determinou o primeiro confinamento devido à pandemia do coronavírus, Khabane Lame perdeu o seu emprego numa fábrica em Turim, escreve a CNN. Passava os dias, em casa dos pais, em Chivasso (Itália), com os seus três irmãos, à procura de outros trabalhos.

Um dia, fez o download do TikTok e, depois de explorar a aplicação, começou a publicar vídeos com o nome Khaby Lame. E assim, nasceu uma carreira. Ou melhor uma estrela. Mas não foi imediato, foi gradual.

PUB

Os primeiros vídeos, tal como muitos iniciantes do TikTok, eram dele a dançar, a ver jogos de vídeo ou a fazer brincadeiras engraçadas. Mas no início deste ano, decidiu começar a “brincar” com vídeos verdadeiros, de outros utilizadores ou de marcas, que inundavam as redes sociais, com tarefas simples, feitas de forma complicada.

Reagia às imagens, às vezes com um encolher de ombros, outras vezes com uma expressão de exasperação, outras esticando os braços e levantando as palmas da mão para cima – mas sempre sem palavras.

PUB
PUB
PUB

Atualmente, Lame é o homem mais poderoso do TikTok com 114 milhões de seguidores. A única pessoa que o ultrapassa é uma bailarina, Charli D'Amelio, uma adolescente da Califórnia, nos Estados Unidos. E o sucesso dele é alcançado sem nunca dizer uma palavra.

“Eu tive a ideia porque vi os vídeos a circular e atraiu-me a ideia de simplificar as coisas”, afirmou recentemente numa entrevista à CNN“O tipo de gestos e expressões vieram por acaso, mas o silêncio não. Eu pensei numa maneira de chegar ao maior número de pessoas possíveis. E a melhor maneira era não dizer nada”, acrescenta.

Oriundo do Senegal, Khaby Lame é esguio e tem um rosto muito expressivo. Em quase todos os seus clipes ele mostra o vídeo original, onde pessoas fazem tarefas de forma complicada e, em seguida, demostra a mesma tarefa em versão simplificada e mais lógica. Num dos vídeos, por exemplo, alguém descasca uma banana com uma faca grande, cortando todos os lados, em cima de uma tábua. Lame pega na fruta e opta por descascar com as mãos.

PUB
PUB
PUB
@khaby.lame

Ig:@khaby00

♬ suono originale - Khabane lame

As suas expressões e movimentos, apesar de não falar, tornaram-no num dos criadores de conteúdo digital nas redes sociais mais reconhecido do mundo. Quase sempre, após usar senso comum ao simplificar tarefas, Khaby Lame, estende os braços com as palmas das mãos viradas para cima. Um gesto que milhões de utilizadores identificam como dele. Às vezes também revira os olhos, encolhe os ombros ou abana a cabeça.

E como se justifica tamanho sucesso? “Talvez por que as minhas expressões faciais são engraçadas e fazem as pessoas rir, esta simplicidade faz as pessoas rir e eu adoro isso”, afirmou Lame à CNN.

Uma especialista em Marketing, ouvida pela CNN, considera que a popularidade de Khaby Lame mostra que a comunicação não verbal pode transcender as barreiras linguísticas e criar conexões entre culturas.

“Não é preciso falar para sermos vistos e entendidos”, afirma Christina Ferraz, da agência Thirty6five, à CNN. "A sua exasperação é identificável por todos e os sentimentos são universais". De alguma forma, ele envia uma mensagem de que a vida não precisa de ser complicada.

PUB
PUB
PUB

E muitas vezes, são os seus seguidores que sempre que encontram vídeos de pessoas a realizarem tarefas simples de forma complicada, os enviam ou o identificam, pedindo "ajuda".

As suas expressões também o tornaram numa estrela de memes.

Ao contrário de muitas outras estrelas das redes sociais, os vídeos de Khaby Lame não têm uma produção excessiva. Parecem orgânicos, usam ações e imagens simples para transmitir humor, o que aumenta a sua autenticidade e reforça a ideia de tornar a vida menos complicada, explica ainda Christina Ferraz.

O facto de se ter lançado neste meio durante o confinamento, também terá ajudado ao seu sucesso. “As pessoas procuravam nas redes sociais uma forma de escapar à realidade e criar ligações”, conclui a especialista em marketing.

Khaby Lame é um dos criadores de coteúdo do TikTok que mais rapidamente cresce. Segundo a CNN, tem ganho uma média de 200 mil seguidores, por dia. “Não me interessa se sou primeiro, segundo ou quarto no TikTok. Não foi por isso que comecei a publicar vídeos. Comecei a publicar porque queria fazer as pessoas rirem durante o confinamento”, explica. “E continuo a fazer os vídeos com o mesmo propósito. Estou orgulhoso do que alcancei, mas esse nunca foi o objetivo”, acrescenta.

PUB
PUB
PUB

 

Khaby Lame nasceu no Senegal e foi para a Itália quando tinha apenas um ano de idade. Quase sempre viveu em casas camarárias, o que Lame acha que o protegeu de atitudes racistas.

Éramos pessoas das mais diversas etnias, por isso, protegíamo-nos uns aos outros. Nunca houve qualquer problema relacionado com racismo”, conta.

 

Apesar de não ser um cidadão italiano, ele considera Itália a sua casa e fala fluentemente a língua. Já pediu a nacionalidade italiana está a aguardar o decorrer do processo, até porque, confessa que tem tido problemas em viajar para eventos nos Estados Unidos, ou outros países, com o seu passaporte do Senegal.

Não conseguir viajar não afetou a sua popularidade e Khaby Lame já tem mais de 47 milhões de seguidores no Instagram. Devido a isso conseguiu parcerias com companhias e marcas internacionais, como a marca de comida italiana Barilla, uma companhia de jogos indiana a Dream 11 e, até, a Netflix.

Apesar de não revelar quanto ganha com estas parcerias, contou à CNN que desde que ficou famoso a maior compra que fez foi um iPhone 12, para conseguir gravar vídeos com mais qualidade.

PUB
PUB
PUB

A sua vida hoje é muito diferente do que era há 18 meses: desempregado e a viver em casa dos pais. E quanto aos pais, garante que a mãe e o pai estão orgulhosos do seu sucesso. “Eles nunca tiveram uma ideia definida do que queriam que eu me tornasse quando era criança. O mais importante era que fosse feliz e tivesse um bom emprego”, acrescenta.

Agora, vive com o seu agente em Milão e muitas celebridades seguem os seus vídeos e mostram que gostam, incluindo o seu ídolo, o ator Will Smith. Muitas das estrelas do TikTok estão a conseguir assinar contratos para filmes e Khaby Lame espera conseguir realizar um sonho de criança: trabalhar com Will Smith num projeto. Até lá, vai continuar a publicar vídeos e a fazer rir.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.

Tecnologia

Mais Tecnologia