Jesus: «Fenerbahçe tocou-me o coração e tinha vários clubes para escolher»

2 jun, 17:59
Jorge Jesus visita centro de treinos do Fenerbahçe

Treinador português quer acabar com jejum de títulos que dura desde 2014 e diz que as condições no clube turco são «de top mundial»

O treinador português Jorge Jesus sublinhou, esta quinta-feira, que a abordagem do presidente do Fenerbahçe e o «carinho dos fãs» foram pontos determinantes para prosseguir a carreira no clube turco.

«Agora o meu novo desafio é o Fenerbahçe, tenho a noção que o Fenerbahçe não é só um grande clube, mas uma religião, uma nação e os fãs estão desejosos de títulos e foi com essa intenção que viemos para o Fenerbahçe. Uma das razões de eu vir para o Fenerbahçe teve a ver com os fãs. Nas redes sociais, era invadido todos os dias por fãs do Fenerbahçe e isso fez com que eu começasse a olhar para o carinho que os adeptos do Fenerbahçe tinham e também porque o presidente, das vezes que foi a Portugal, me quis muito, tocou-me o coração. Eu tinha vários clubes para poder escolher e escolhi o Fenerbahçe. Escolhi por isso», referiu Jesus, em declarações aos canais do clube, aos quais já tinha falado dos «milhares de mensagens» dos turcos.

Jesus elogiou ainda as condições do clube e vincou o objetivo de conquistar títulos para um clube que já não ergue qualquer troféu desde 2014.

«O que me chamou mais a atenção é que os jogadores do Fenerbahçe não se podem queixar de nada, têm tudo para que a equipa vença. O Fenerbahçe tem condições de um clube de top mundial, agora temos que começar a ganhar troféus para que as condições que o clube tem sejam compensadas no campo. Agora temos de passar para a realidade, para o jogo, para o treino, para o Fenerbahçe ganhar tudo o que os fãs querem, o Fenerbahçe dá todas as condições aos jogadores para que isso aconteça. O treino para mim é paixão», afirmou, ainda.

O Fenerbahçe é o segundo clube com mais títulos de campeão turco (19), atrás do Galatasaray (22), sendo o último datado de 2014.

Relacionados

Patrocinados