Japão dá 7.000 euros às famílias que saírem de Tóquio

ECO - Parceiro CNN Portugal , Mariana Tiago
3 jan, 11:59
Rua em Shibuya, grande zona comercial de Tóquio

Governo japonês dará cerca de 7.164 euros por criança a cada família que trocar a capital por outras localidades. Objetivo principal é reverter o declínio demográfico no resto do país

O Governo japonês vai recorrer a um incentivo económico por criança a cada família que saia da capital. O objetivo é reverter o declínio demográfico que se tem registado no resto do país e a elevada migração rumo a Tóquio.

O Japão vai dar cerca de 7.164 euros por criança a cada família que trocar Tóquio (e as cidades circundantes) por outras localidades, avançou esta segunda-feira o Financial Times.

As famílias, que aderirem à proposta do governo japonês, poderão também receber até cerca de 2.146 euros de apoio financeiro e ainda mais um apoio extraordinário se criarem o seu próprio negócio. No entanto, as famílias têm de se comprometer com esta nova vida longe de Tóquio durante, pelo menos, cinco anos. Se não o fizerem terão de reembolsar o Estado.

A estratégia usada pelo governo japonês não é nova, mas o aumento do valor dos incentivos tem-se registado devido ao rápido envelhecimento da população no resto do país e à elevada migração de pessoas para a capital (que leva à desertificação), mas também devida à abrupta queda da natalidade que se tem vindo a registar.

Já pelo menos 1.300 municípios se inscreveram para “acolher” migrantes da capital. No entanto, apesar de todos os esforços, online há quem expresse o seu ceticismo e considere que “parece muito dinheiro, mas não é suficiente”, se o objetivo for aumentar a natalidade.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados