Saiba tudo sobre o Euro aqui

Thiago Motta: «Juventus? Primeiro vou a Barcelona e depois a Cascais»

25 mai, 00:01
Thiago Motta (EPA/SERENA CAMPANINI)

Treinador deixou o Bolonha, mas não quis revelar o próximo passo na carreira

Thiago Motta não vai continuar no comando técnico do Bolonha e despediu-se da equipa muito emocionado, esta sexta-feira, após a derrota por 2-0 no reduto do Génova.

«Fechamos um ciclo. Vivemos muitas emoções durante um excelente campeonato: é um grupo que fez história neste clube. Acredito que realizei um trabalho importante do primeiro ao último dia, com o máximo compromisso e respeito. Em Bolonha, deixo o meu amor e paixão, ambição e grande respeito pelos jogadores que tive o privilégio de treinar. Amo cada um deles igualmente, desejo o melhor a estes rapazes», disse o ítalo-brasileiro, aos microfones da Sky.

O técnico de 41 anos fez ainda uma declaração à equipa «rossoblù».

«Os meus meninos. Não vou ser mais o treinador deles, mas continuarei como pai, amigo ou irmão mais velho, o que eles quiserem. Se precisarem de mim, podem sempre contar comigo. Funcionou porque eu dei tudo por eles e eles deram tudo por mim», vincou.

Por último, Thiago Motta não quis revelar se vai treinar a Juventus na próxima temporada, mas garantiu que vai viajar… para Portugal.

«Já sei para onde vou. Primeiro, vou a Barcelona visitar o meu pai e o meu irmão, depois vou para casa da minha família em Cascais», concluiu.

Relacionados

Patrocinados