Cavani e a chegada de Cristiano: «Uma semana antes teria pedido para sair»

6 mai, 11:45
Man Utd-Burnley

Avançado uruguaio assume que ligou logo ao irmão e empresário

Edinson Cavani assume que pensou deixar o Manchester United quando Cristiano Ronaldo regressou aos «red devils».

O internacional uruguaio diz que o timing da contratação do português é que impediu que concretizasse essa vontade de deixar Old Trafford.

«Comecei por pensar que era uma boa notícia para o clube. Mas conhecendo o mundo do futebol, por estes dias, a primeira coisa que fiz foi ligar ao meu irmão (Walter Fernando Guglielmone, que é também empresário): "Há uma semana teria pedido para me arranjares outro clube"», revelou à ESPN.

«Não era falta de vontade de jogar com o Cristiano. Não. Tive a oportunidade de conhecê-lo, e é um grande profissional, com os seus objetivos. Isso é perfeito para um desportista. Mas após tantos anos a jogar, já sei como as coisas funcionam. Por isso falei com o meu irmão», acrescentou.

 

Patrocinados