Antonio Rudiger vai deixar o Chelsea no final da época, revela Tuchel

24 abr, 16:44
Chelsea-Crystal Palace (AP Photo/Kirsty Wigglesworth)

Impedidos de renovar contratos com os jogadores em virtude das sanções aplicadas pelo governo britânico a Abramovich após a eclosão da guerra na Ucrânia, blues vão perder o germânico

No dia em que o Chelsea derrotou o West Ham, Thomas Tuchel confirmou que Antonio Rudiger está de saída dos blues no final da época após terminar o seu contrato.

«Ele informou-me há dias [da saída] numa conversa pessoal. Demos tudo o que podíamos [para renovar] mas depois de termos recebido as sanções não podemos lutar mais. Agora o Toni vai sair», referiu o alemão, citado pela Sky Sports.

«Estamos de mãos atadas. Não sei qual seria o desfecho das negociações sem as sanções. Esta foi a sua decisão. Não é bom para nós, mas não vamos tornar isto numa situação pessoal. Ele era uma figura importante e continuará a ser. Vamos sentir muito a sua falta. Ele dá coragem a quem o rodeia. Ele jogou 55 jogos este ano a um nível excelente. Foi um defesa de topo no último ano e meio e tenho um tremendo respeito por ele», acrescentou ainda. 

Rudiger, de 29 anos, chegou ao Chelsea em 2017 proveniente da Roma por uma verba superior a 30 milhões de euros. Na mesma situação do germânico, está o dinamarquês Andreas Christensen, central cujo vínculo com os campeões europeus termina no final da temporada e pode deixar Stamford Bridge a «custo zero». 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados