África do Sul-Zimbabwe muda de local devido a racismo

26 mar 2001, 11:34

Jogo de qualificação para o Mundial-2002 O jogo de qualificação para o Mundial 2002 estava inicialmente marcado para a Cidade do Cabo, mas para evitar problemas, numa localidade de maioria residencial branca, a Federação Africana de Futebol (FAF) decidiu mudar o local da partida.

A Federação Africana de Futebol (FAF) decidiu este domingo mudar o local de realização do próximo jogo de qualificação para o Mundial-2002. O encontro com o Zimbabwe, marcado para 5 de Abril, seria disputado na zona de Newlands, na Cidade do Cabo, uma zona de maioria residencial branca. As autoridades locais, da Aliança Democrática, não aprovam a mistura racial e têm invocado algumas leis do período do Apartheid para negar a formação de clubes de futebol na localidade. 

«Não queremos jogar numa cidade em que ainda se tomem este tipo de atitudes, tanto tempo depois do fim do Apartheid. Estas leis pretendem apenas agradar aos que têm dinheiro», disse Vincent Baartjies, membro do Comité Executivo da FAF, aludindo aos casos do Ajax Cape Town e do Santos.  

Ao Ajax foi solicitado que pedisse uma licença para poder usar o estádio de râguebi da localidade nos jogos em casa, enquanto ao Santos, um clube formado pela comunidade muçulmana, foi negado acesso ao campo de cricket de Newlands. Tudo isto invocando uma lei antiga que obrigava ao pedido de licenças para jogar futebol na zona. 

No entanto, Baartjies declarou ainda que as autoridades parecem divididas: «Alguns percebem a necessidade de que se jogue futebol na cidade, mas outros continuam a querer afastar os negros da área de Newlands». Tomada a decisão de protesto, o jogo deverá ser disputado em Durban.

Patrocinados