Estudo: Mundial a cada dois anos dá prejuízo até 8 mil milhões/ano

24 nov, 16:20
Bola e baliza (Thomas Kienzle/AP)
Bola e baliza (Thomas Kienzle/AP)

Conclusões do Fórum Mundial das Ligas de futebol (WLF)

PUB

Os Mundiais de futebol bienais, planeados pela FIFA, poderiam dar prejuízos para clubes, campeonatos nacionais e provas continentais entre cinco a oito mil milhões de euros por ano, concluiu um estudo do Fórum Mundial das Ligas de Futebol (WLF).

Os responsáveis pelo documento, divulgado esta quarta-feira, calcularam mesmo entre 60 e 100 mil milhões de euros de perdas numa década, no que toca a direitos de transmissão audiovisual, outras receitas comerciais e em dias de jogo, além do impacto negativo indireto de perda de qualidade dos espetáculos desportivos, saturação dos adeptos, dias de descanso dos atletas e racionalidade dos calendários.

PUB

O relatório especifica que os efeitos de Mundiais de dois em dois anos em 40 ligas profissionais no universo da UEFA ascenderiam a 8.453 milhões de euros, mais 750 milhões relativos às diversas seleções nacionais e outros 9.203 milhões no universo total dos campeonatos profissionais em toda a Europa, além de cerca de 37 milhões no futebol feminino.

Nos últimos tempos, a FIFA tem estudado alterações na organização dos Mundiais e tem consultado diversos parceiros nesse sentido. Convocou mesmo uma cimeira global para 20 de dezembro, para analisar possíveis mudanças dos calendários competitivos, designadamente a possibilidade de concentrar, num único mês, a qualificação para o torneio final das seleções dos vários continentes.

PUB
PUB
PUB

Estas mexidas só seriam feitas após o Mundial de 2026, a ser organizado conjuntamente por Estados Unidos, Canadá e México. Para já, o próximo é no Qatar, em 2022, entre novembro e dezembro.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Últimas