Ceferin defende PSG: «Não é o Real Madrid que vai dizer à UEFA o que deve fazer»

25 mai, 17:45
Aleskander Ceferin (AP Photo/Peter Dejong)

Dirigente recorda que os números da proposta do clube espanhol para contratar Mbappé não eram muito diferentes dos que foram apresentados pelo clube francês

Aleksander Ceferín não entende as criticas que chegam de Espanha à renovação de Kylian Mbappé pelo Paris Saint-Germain. O presidente da liga espanhola, Javier Tebas, bem como o presidente da Barcelona, Joan Laporta, acusaram o clube francês de gastar milhões sem qualquer controlo, mas o presidente da UEFA lembra que os números da proposta do Real Madrid, para a contratação do internacional francês, eram muito parecidos aos números da renovação pelo PSG.

«A UEFA tem regras de fair-play financeiro que são bastante rígidas. Quem respeitar as regras, é bem-vindo a jogar nas nossas competições, quem não respeitar, não é. Não é o Real Madrid, nem ninguém, que vai dizer à UEFA o que deve fazer. Eles estão indignados, mas tanto quanto sei, a oferta do Real Madrid era muito similar àquela do PSG», começou por dizer o dirigente em declarações à BBC.

Outras da criticas que os espanhóis dirigem ao clube do Parque dos Príncipes é de ser um clube controlado por um Estado, neste caso, o Qatar. «Há alguns clubes ingleses que são detidos por proprietários americanos, do Médio Oriente ou de Inglaterra. É exatamente a mesma coisa e, sinceramente, estou cansado dessas acusações», atirou ainda o dirigente esloveno.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados