Diogo Jota expulso, Liverpool acaba com nove e perde com autogolo no fim

30 set 2023, 19:41
Árbitro Simon Hooper expulsa Diogo Jota no Tottenham-Liverpool (NEIL HALL/EPA)

Tottenham vence por 2-1. Curtis Jones viu o vermelho aos 26 minutos, Jota aos 69. Luis Díaz teve golo anulado, Gakpo respondeu a Son em 11 para dez, infelicidade de Matip decidiu

Que mais podia acontecer ao Liverpool este sábado?

A saber que uma vitória lhe daria a liderança isolada na Premier League, a visita ao Tottenham terminou em pesadelo e com uma derrota por 2-1, na 7.ª jornada do campeonato.

A equipa de Jurgen Klopp teve duas expulsões, de Curtis Jones e do português Diogo Jota, um golo anulado (com dúvidas) e sofreu o golo da derrota no último minuto de compensação. Para piorar o cenário, foi um autogolo.

A vida começou a complicar-se para os visitantes quando, aos 26 minutos, Curtis Jones foi expulso com vermelho direto, por falta dura sobre Yves Bissouma. O árbitro Simon Hooper mostrou inicialmente o amarelo, mas mudou a cor do cartão depois de ver as imagens.

Apesar de estar em dez contra 11, o Liverpool marcou aos 34 minutos, por Luis Díaz. Porém, o lance com finalização espetacular do colombiano – um belo remate cruzado – acabou anulado, por fora de jogo. Um lance em que as imagens televisivas não mostraram as linhas e que, a olho nu, deixou algumas dúvidas. E deverá fazer correr tinta em Inglaterra…

Na resposta, o Tottenham chegou à vantagem aos 36 minutos, por Heung-min Son, mas o Liverpool empatou em inferioridade numérica, já perto do intervalo, por Cody Gakpo, aos 45+4m.

Para a segunda parte, Gakpo, que ficou com algumas queixas após o golo, foi substituído pelo português Diogo Jota, que seria expulso aos 69 minutos, depois de ter visto dois cartões amarelos em dois minutos.

Mesmo com menos dois em campo, o Liverpool quase aguentou o resultado, mas aos 90+6m, um cruzamento de Pedro Porro deu origem a um autogolo de Joel Matip.

Com este desfecho, o Liverpool não só não ascende à liderança isolada, como cai para o quarto lugar, com 16 pontos, agora menos um do que o Arsenal e do que o Tottenham, ambos com 17. O Manchester City, derrotado esta tarde, lidera com 18.

Já esta tarde, o Manchester United perdeu em casa, num dia que abriu com a goleada do Aston Villa ao Brighton.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados