Mundial 2022: Brasil-Argentina interrompido em 2021 não se vai realizar

16 ago, 19:33
Argentina-Brasil (AP)

Federações chegaram a entendimento com a FIFA

O Brasil-Argentina, relativo à qualificação para o Mundial2022 e que deveria ser retomado em setembro, não se vai realizar, confirmaram as duas federações, assim como a FIFA, esta terça-feira.

O jogo entre as duas seleções foi interrompido a 5 de setembro do ano passado, cinco minutos depois do pontapé de saída em São Paulo, quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária do Brasil (Anvisa) alegou irregularidade de quatro jogadores argentinos - Giovani Lo Celso, Cristian Romero, Emiliano Martinez e Emiliano Buendia - em relação às regras anti covid-19 e entrou em campo para os retirar do relvado.

O clássico sul-americano estava agora marcado para 22 de setembro, mas apenas para cumprir o calendário da qualificação, uma vez que as duas seleções já carimbaram passaporte para o Qatar.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Argentina de Futebol (AFA) chegaram a um entendimento com a FIFA, isto porque as duas equipas ténicas entenderam que não haveria benefícios em disputar o jogo tão perto do Mundial, nem seria necessário correr o risco de suspensões, caso algum jogador fosse expulso, por exemplo.

A CBF foi multada em cerca de 310 mil euros, enquanto a AFA terá de pagar metade desse valor. Parte deste montante «deverá ser doado diretamente à Organização Mundial da Saúde (OMS), em apoio aos seus esforços contínuos no combate à COVID-19», confirmou a federação brasileira.

Desta forma, Brasil e Argentina vão disputar encontros particulares nessa mesma data. 

Recorde-se que os canarinhos terminaram em primeiro, enquanto a albiceleste foi segunda classificada na zona sul-americana de qualificação (CONMEBOL).

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados