Hulk: «Se acham que falta intensidade, peço para ir embora»

29 set, 10:56
Hulk (Fernando Bizerra/Pool via AP)

Internacional brasileiro sente que os adeptos do Galo não podem criticar entrega dos jogadores

O Palmeiras, de Abel Ferreira, venceu no reduto do campeão Atlético Mineiro (1-0), na última madrugada. Hulk garantiu que os adeptos do Galo não podem exigir mais entrega dos jogadores e até ameaçou bater com a porta, lamentando as ocasiões falhadas pelos alvinegros.

«Tenho muito respeito pelo Galo, muito respeito pelos adeptos que me recebem muito bem, mas, se acham que isto não é intensidade, eu peço para ir embora. Quando entro em campo, dou o meu melhor. Dizerem que faltou vontade da nossa parte, é inaceitável», disse o ex-FC Porto no final da partida, citado pelo Globoesporte.

«Se olharem para o jogo de hoje, para os números, dizerem que faltou vontade, faltou intensidade, entrega dos jogadores... Deito os meus 16 anos de profissional fora porque não serviram para nada. O futebol que apresentámos hoje foi de alto nível. Criámos muito, tivemos uma intensidade muito alta na primeira parte e a bola não entrou. Se tivesse entrado uma minha ali ou do Keno, a história do jogo seria outra», rematou.

Relacionados

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados