«Festejei o golo na cara do Mbappé porque ele tratou muito mal o Enzo»

17 jan, 22:53
Romero e Mbappé (Getty Images)

Romero explicou celebrações efusivas no momento do 3-2 na final do Mundial 2022

As imagens dos festejos de Cristian Romero quando Lionel Messi bisou na final do Mundial 2022 mostram que o defesa-central argentino festejou com euforia mesmo à frente de Kylian Mbappé.

O jogador do Tottenham explicou agora a celebração efusiva no momento do 3-2, já em período de prolongamento (108 minutos), e a justificação até envolve um jogador do Benfica.

«Festejei o golo na cara do Mbappé, porque o Enzo [Fernández] tinha falado com ele e [o Mbappé] tratou-o muito mal», disse Cuti Romero ao programa ¿Cómo Te Va? na Rádio DSports.

O central revelou ainda que vê a final «todos os dias». «Sempre quis defrontar a França na final, porque eram campeões do mundo.»

Num altura em que se fala da possível renovação do selecionador Lionel Scaloni, Romero não tem dúvidas de que o técnico é o mais indicado para o cargo.

«Se dependesse de mim, assinaria contrato com Scaloni para a vida. Estamos até à morte com ele e é o melhor treinador que já tivemos», rematou.

Relacionados

Patrocinados