Alex Zanardi volta para casa após um ano e meio internado

20 dez 2021, 14:09
Alessandro Zanardi (AP)
Alessandro Zanardi (AP)

Antigo piloto de Fórmula 1 e campeão paralímpico deixou hospital nas últimas semanas

PUB

O antigo automobilista Alessandro ‘Alex’ Zanardi está de volta a casa depois de ter estado cerca de um ano e meio internado, devido a um grave acidente sofrido numa corrida de bicicletas para atletas paralímpicos.

A revelação sobre o italiano de 55 anos foi feita pela sua esposa, Daniela, que afirmou que Zanardi «deixou o hospital há algumas semanas».

PUB

«Está de volta a casa e connosco. Tivemos de esperar muito tempo por isto e estamos muito contentes de que seja possível agora, mesmo que ainda haja idas temporárias a clínicas especializadas, no futuro, para medidas especiais de reabilitação», afirmou Daniela, em declarações ao BMW Group, do qual Zanardi é embaixador.

Zanardi sofreu o grave acidente, segundo noticiou a Gazzetta dello Sport, ao quilómetro 146 em Pienza, Siena, perdendo o controlo da handbike e colidindo com um veículo pesado, que circulava no sentido contrário. O transalpino sofreu graves lesões cerebrais e teve mesmo de ser submetido a várias operações num curto espaço de tempo.

PUB
PUB
PUB

«Depois de um longo período no hospital, é importante ele estar de volta à família e ao seu ambiente familiar. Também temos de ter em conta de que, devido à situação da covid-19, o Alex apenas teve pessoas com máscaras faciais e com equipamentos de proteção à volta dele, durante um ano e meio. Além disso, devido às medidas de proteção compreensíveis na clínica, as visitas eram, claro está, muito restritas», expôs Daniela, dizendo que Zanardi «não viu amigos e parte da família durante um ano e meio».

«Só eu, o nosso filho e a mãe do Alex é que o podiam visitar, mas sempre só uma pessoa por dia e isto apenas por uma hora e meia. Isto não ajudou a tornar a situação fácil para o Alex. Ajuda o facto de ele estar agora em casa connosco, mesmo que, em casa, ele só possa estar com a família mais próxima, dado que os números da covid-19 estão a subir de novo. Mas estamos com o Alex todo o dia, ele está no seu ambiente familiar e, por isso, pode voltar um pouco à normalidade. Isto dá-lhe força extra. Estamos muito agradecidos ao pessoal médicos nas clínicas em que ele foi tratado», salientou, ainda, a companheira do ex-piloto.

PUB
PUB
PUB

Uma carreira atribulada e de superação

Zanardi não foi um piloto consagrado na Fórmula 1, mas ainda tem 41 registos em corridas no Mundial. Onde brilhou mais foi mesmo no CART (Championship Auto Racing Teams), uma categoria de monolugares dos Estados Unidos da América, no qual foi campeão em 1997 e 1998.

A vida mudou radicalmente em 2001, quando Zanardi sofreu um acidente arrepiante numa prova em Lausitzring, na Alemanha. Acabaria por amputar as pernas acima do joelho.

Mas não parou no desporto, mesmo com as altas limitações corporais. Mais tarde, em 2007, começou no paraciclismo e conquistou, entre Londres 2012 e Rio de Janeiro 2016, um total de seis medalhas olímpicas (quatro de outo e duas de prata), para tornar-se o maior campeão do paraciclismo nos Jogos Paralímpicos, isto antes de mais um episódio duro e difícil na vida e na carreira no desporto, em 2020, que agora conhece um momento ligeiramente mais animador.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados