Alemanha: Dortmund de Guerreiro e líder Diogo Leite derrotados

1 out, 16:33

Leipzig goleou (4-0) com André Silva de início e TT foi suplente utilizado no desaire do Estugarda

Foi um início de tarde de sábado com sortes diferentes para os portugueses que entraram em campo na oitava jornada do campeonato alemão.

O Borussia Dortmund, com Raphael Guerreiro – já recuperado da lesão que o tirou da seleção – a titular, perdeu no terreno do Colónia, por 3-2.

Julian Brandt ainda adiantou os forasteiros, aos 31 minutos, mas a equipa da casa respondeu no segundo tempo: Florian Kainz (53m), Steffen Tigges (56m) e Dejan Ljubicic (71m) deram a volta ao marcador. Já sem Guerreiro, que saiu aos 77 minutos, o Dortmund reduziu graças ao auto-golo de Benno Schmitz.

A equipa do internacional português caiu para a quarta posição e deixou-se apanhar na tabela pelo Bayern Munique, ambos com 15 pontos.

Já o líder Union Berlim, adversário do Sporting de Braga na Liga Europa, somou a primeira derrota no campeonato, no terreno do Frankfurt (2-0).

Diogo Leite foi titular na defesa visitante, que consentiu os golos de Mario Gotze e Jesper Lindstrom, aos 12 e 42 minutos, respetivamente. Randal Kolo Muani, do Frankfurt, ainda viu o segundo cartão amarelo e consequente expulsão aos 69 minutos.

Apesar do desaire, o Union mantém-se na liderança da Bundesliga, com os mesmos 17 pontos do Friburgo, que venceu na receção ao Mainz, por 2-1. Gregoritsch (3m) e Kyereh (37) marcaram para o conjunto anfitrião, enquanto Aaron Martin (52m) reduziu para os visitantes.

O Estugarda, a jogar fora e com Tiago Tomás a entrar aos 77 minutos, permitiu que o Wolfsburgo chegasse à vitória (3-2), já em tempo de compensação.

Guirassy (22m) iniciou a contagem, mas Marmoush (23m) e Arnold (38m) operaram a cambalhota no marcador. Nos descontos do primeiro tempo, Mavropanos marcou o golo que levou a partida empatada para intervalo. No primeiro minuto para lá dos 90, Yannick Gerhardt confirmou o triunfo do Wolfsburgo.

O Estugarda segue no 16.º lugar, primeiro abaixo da linha de água, com cinco pontos, enquanto o Wolfsburgo é 13.º, com oito.

Noutro dos jogos deste sábado em solo germânico, o Leipzig goleou o Bochum, por 4-0, na Red Bull Arena. André Silva cumpriu os 90 minutos, mas ficou em branco, numa partida em que Timo Werner e Christopher Nkunku bisaram.

O alemão marcou aos 15 e aos 53 minutos, enquanto o francês fez o gosto ao pé aos 23 – de grande penalidade – e 85 minutos. Pelo meio (64m), Nkunku ainda falhou outro penálti.

O Leipzig ocupa o nono posto, com 11 pontos, a apenas dois dos lugares europeus. Já o Bochum, segura a «lanterna vermelha» do campeonato alemão, com um ponto somado ao fim de oito jogos.

Relacionados

Patrocinados