OFICIAL: Leeds demite Marcelo Bielsa

27 fev 2022, 13:00
Bielsa (Lusa)

Decisão surge após goleada (0-4) sofrida na receção ao Tottenham.

O Leeds United anunciou hoje ter demitido o seu treinador argentino Marcelo Bielsa, na sequência de várias derrotas pesadas, a última no sábado, na receção ao Tottenham (4-0).

«O Leeds United anuncia hoje que o clube se separou do seu treinador principal Marcelo Bielsa», escreve o clube inglês em comunicado.

Com apenas um ponto e 21 golos sofridos nos últimos seis jogos, o Leeds, 16.º, com 23 pontos, tem apenas dois pontos de vantagem para a zona de descida, mas conta mais dois jogos disputados do que o Everton (17.º, com 22) e o Burnley (18.º, com 21), os seus mais diretos perseguidores.

«Foi a decisão mais difícil que tive de tomar desde que assumi a liderança do Leeds United, tendo em conta todos os sucessos alcançados pelo Marcelo no clube», comentou Andrea Radrizzani, presidente do Leeds, citado no comunicado.

Bielsa chegou ao Leeds em 2018, numa altura em que o clube, outrora um dos grandes nomes do futebol inglês, se encontrava na segunda divisão (Championship) há 14 anos.

O treinador, de 66 anos, «transformou o destino do clube em campo», escreveu o Leeds, que falhou a subida à 'Premier League' na primeira época, tendo perdido nas eliminatórias de acesso.

Na segunda época do argentino, o Leeds conquistou o campeonato, que terminou com 10 pontos de avanço para o segundo, e subiu diretamente ao campeonato principal, 16 anos depois, o qual terminou na temporada seguinte no nono lugar, com o seu melhor total de pontos desde a época 2000/2001.

No entanto, esta temporada, as lesões de longa duração, principalmente de Kalvin Philips, o principal 'motor' da equipa, e de Patrick Bamford, seu goleador, constituiram fortes reveses para os 'Peacocks', que têm neste momento a pior defesa do campeonato, com 60 golos sofridos, em 26 jogos.

«Ele transformou a cultura do clube e transmitiu-nos uma mentalidade ganhadora. Os momentos partilhados, particularmente na temporada 2019/2020, com a subida à 'Premier League', vão permanecer durante muito tempo nas nossas memórias», sublinhou Radrizzani.

O clube espera anunciar na segunda-feira o nome do seu substituto, sendo que a imprensa inglesa aludia no sábado ao nome de Sam Allardyce como o favorito a ocupar o posto.

Mais Lidas

Patrocinados