Rangnick: «Ronaldo não é um monstro a pressionar»

22 mai, 10:28
Ralf Rangnick e Cristiano Ronaldo (Jon Super/AP)

Treinador alemão despede-se hoje do comando técnico do Manchester United

Ralf Rangnick fez uma retrospetiva da sua prestação no comando técnico do Manchester United e não deixou de referir o papel em campo de Cristiano Ronaldo.

«Não estou a culpá-lo. Ele esteve muito bem nos jogos, mas não é um monstro a pressionar. Mesmo quando era jovem não gritava "a outra equipa tem a bola, onde podemos ganhá-la?"», referiu sobre Ronaldo, que este domingo vai falhar por lesão o jogo com o Crystal Palace.

O técnico alemão que vai deixar o cargo para ser substituído por Ten Hag acrescentou ainda que «o mesmo acontecia com outros jogadores, pelo que, nunca houve um equilíbrio adequado entre o que a equipa necessitava com e sem bola».

«Nunca conseguimos colocar em prática o futebol agressivo e pro-ativo que eu pretendia. Tem a ver com o físico. Devia ter feito mais, devia ter desenvolvido esta equipa de forma mais sustentável», explicou Rangnick, que precisa de ganhar hoje ao Crystal Palace para assegurar o 6.º lugar na Premier League de modo a garantir o apuramento para a próxima edição da Liga Europa.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados