Empresa de Abramovich autorizada a injetar 36 milhões no Chelsea

24 mar, 00:06
Roman Abramovich

Alívio das sanções do Governo britânico para permitir o funcionamento do clube até à venda

O Governo britânico aliviou as sanções impostas ao Chelsea e anunciou nesta quarta-feira que vai permitir que a Fordstam, empresa detida por Roman Abramovich, injete 30 milhões de libras, cerca de 36 milhões de euros, de forma a garantir o funcionamento do clube até que a venda esteja concluída.

Este alívio das medidas junta-se à permissão para o clube vender bilhetes para o jogo com o Real Madrid na Liga dos Campeões, ainda que a receita não possa ficar para o clube.

 

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Patrocinados