Man. United volta a juntar Ronaldo e Ferguson: «Cumpriu com tudo»

17 dez 2021, 13:45
Cristiano Ronaldo e Sir Alex Ferguson (foto Joel Ryan/Invision/AP)
Cristiano Ronaldo e Sir Alex Ferguson (foto Joel Ryan/Invision/AP)

Português reencontrou o «pai» no futebol numa entrevista dos red devils

PUB

Cerca de quatro meses depois de ter regressado ao Manchester United, Cristiano Ronaldo junta-se ao seu «pai» no futebol, Alex Ferguson, numa entrevista organizada pelo clube e um dos patrocinadores.

O internacional português de 36 anos recordou o quão especial foi ver Ferguson falar consigo num momento que conduziria à sua mudança do Sporting para Inglaterra, quando tinha 18 anos.

PUB

«Tens de nascer com boa comunicação, penso eu. Podes aprender, mas está dentro de ti. No Sporting, ele falou comigo, com o meu agente, com o Sporting também e mostrou imediatamente quais os seus pensamentos. Foi bom. Como podem imaginar, com 18 anos e ver Alex Ferguson falar contigo... para mim foi como um sonho. Foi dizer: 'uau, provavelmente vou jogar pelo Manchester United'. Lembro-me bem, foi um dia especial, não só pelo jogo - porque joguei muito bem nessa noite - mas falar com Alex Ferguson, com alguns jogadores...», recordou Ronaldo, sobre o pós-jogo do Sporting com o United (vitória dos leões por 3-1), em agosto de 2003.

PUB
PUB
PUB

«Ele [Ferguson] ajudou-me muito pela comunicação. Chamou-me muitas vezes ao seu escritório, com o tradutor lá. O importante foi dizer-me coisas para eu crescer como pessoa e como jogador. Digo sempre que, para mim, é como um pai para mim no futebol. Aprecio tudo o que fez por mim, pela minha família e pelo clube», disse ainda Ronaldo.

Já Ferguson admitiu que o período que menos gostava eram os «45 minutos antes do jogo». «A equipa estava a aquecer e eu estava no escritório a fazer nada, sentado. Eu queria que o jogo começasse imediatamente, mas não dava porque estavam a aquecer. Eu estava no meu escritório a ver televisão, enquanto eles aquecimento. Quando o jogo começava, fantástico. É verdade. Um dia vais tornar-te treinador», finalizou o escocês, entre risos, para Ronaldo.

«Talvez não (risos), não sei», respondeu Ronaldo.

No excerto inicialmente divulgado pelos red devils, o internacional português recordou a primeira passagem em Old Trafford: «Ele cumpriu com tudo o que me disse». Já Ferguson, sublinhou que as pessoas têm de «perceber que algumas coisas são maiores do que um clube de futebol».

PUB
PUB
PUB

Cristiano Ronaldo e o antigo técnico escocês trabalharam juntos desde 2003 até 2009.

Relacionados

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Patrocinados