Inflação: quer primeiro as boas ou as más notícias?

Agência Lusa , AM
17 nov, 10:28
Supermercado (Getty Images)

A boa (que é "boa" dentro do possível): ficou abaixo do previsto. A má: nunca esteve tão alta

A taxa de inflação homóloga na zona euro chegou, em outubro, ao recorde de 10,6%, 0,1 pontos abaixo do inicialmente estimado, e na União Europeia (UE) fixou-se no novo máximo de 11,5%, divulga esta quinta-feira o Eurostat.

De acordo com dados do serviço estatístico da UE, em outubro de 2021, a inflação anual na zona euro era de 4,1% e no conjunto dos 27 Estados-membros de 4,4%, medida pelo Índice Harmonizado de Preços ao Consumidor (IHPC).

Na variação mensal, os 10,6% de inflação anual na zona euro, em outubro, comparam-se com os 9,9% de setembro e os 11,5% na UE com 10,9%.

Na estimativa rápida divulgada em 31 de outubro, o Eurostat tinha apontado para uma taxa de inflação de 10,7% nos países do euro.

Economia

Mais Economia

Patrocinados