Pelo menos 80 pessoas morreram na sequência do colapso de uma ponte na Índia. Centenas terão caído ao rio

CNN Portugal , BCE (notícia atualizada às 19:00)
30 out, 15:24

Vários vídeos mostram pessoas agarradas aos cabos da ponte colapsada, enquanto as equipas de socorro tentam resgatá-las

Pelo menos 80 pessoas morreram e dezenas ficaram gravemente feridas na sequência do colapso de uma ponte este domingo, em Gujarate, no extremo oeste da Índia, avança a Reuters, que cita o ministro de Estado. O número de vítimas mortais e de feridos tem sido constantemente atualizado pelas autoridades locais.

Os relatos iniciais na imprensa internacional davam conta de que 400 pessoas estariam a atravessar a ponte no momento da queda e acabaram por cair no rio Machchhu, em Morbi. Entretanto, o ministro do Estado, Harsh Sanghavi, adiantou que estariam em cima da ponte mais de 150 pessoas no momento do coalpso.

Imagens transmitidas pelo canal Zee News mostram várias pessoas agarradas aos cabos da ponte colapsada enquanto as equipas de socorro tentam salvá-las. Algumas pessoas tentavam subir as estruturas danificadas para tentar chegar às margens do rio.

O incidente ocorre cinco dias depois da reabertura da ponte, cuja infraestrutura foi sujeita a reparações durante seis meses. Com 230 metros de comprimento, a ponte suspensa sobre o rui Machcchu foi construída durante o domínio britânico da Índia, no século XIX.

O primeiro-ministro, Narendra Modi, já reagiu, através de uma publicação na rede social Twitter, onde disse estar numa "profunda tristeza" perante a "tragédia" em Morbi e garantiu que estão em curso operações de resgate e que toda a assistência necessária está a chegar às pessoas afetadas.

Entretanto, o governo anunciou a criação de uma comissão especial investigar os motivos do incidente.

 

 

Mundo

Mais Mundo

Mais Lidas

Patrocinados